PUBLICIDADE
HomeNotíciasNovidades
Compartilhar

Aston Martin DB11 Volante mostra que beleza não tem teto

Versão sem capota do cupê DB11 vem com motor V8 4.0 biturbo fornecido pela Mercedes-AMG

A Aston Martin não está mais entre os brasileiros desde março deste ano, mas isso não é impedimento para que continuemos a admirar o que a centenária marca britânica oferece no exterior. O exemplo mais recente disso é o Aston Martin DB11 Volante, a versão conversível do cupê lançado em março de 2016.

Não foi só do teto que o DB11 Volante se livrou. Ele também vem com 4 cilindros a menos do que o cupê, o primeiro modelo turbo da história da Aston Martin. Em vez do V12 5.2 biturbo de 608 cv, ele vem com um motor V8 4.0, também biturbo, de 510 cv. Fornecido pela Mercedes-AMG. O câmbio é o ZF automático de 8 marchas, para tração traseira, que se tornou o padrão de modelos com esse tipo de layout (motor dianteiro e tração nas rodas de trás). Veja-o abaixo em ação.

O mecanismo do teto de lona do veículo leva 14 segundos para abrir e 16 para fechar a velocidades de até 50 km/h. Ele também é mais compacto do que o do DB9 Volante, deixando mais espaço para a bagagem, e muito resistente. Diz a Aston Martin que ele foi submetido, durante um mês, a mais de 100 mil operações de abertura e fechamento, simulando um período de uso de 10 anos nas mais diferentes condições climáticas. Tudo posteriormente validado em locais de clima extremo, como o Círculo Polar Ártico e o Vale da Morte, nos EUA.

Aston Martin DB11 Volante

A estrutura do DB11 Volante, assim como a do cupê, consiste de alumínio colado por adesivos aeronáuticos. Isso permitiu que a deste conversível fosse 26 kg mais leve e 5% mais resistente à torção do que a do DB9. Tudo com o luxo que os donos e admiradores da marca já se acostumaram a encontrar em modelos anteriores, com aplicações de madeira de lei de verdade no painel e no encosto dos bancos dianteiros. E assentos Isofix pela primeira vez em um conversível da Aston Martin. A lona do teto tem três opções de cor: vinho (bordeaux red), preto (black silver) ou cinza (grey silver).

Aston Martin DB11 Volante

A empresa não divulgou as especificações técnicas do modelo, mas elas não devem ficar muito distantes das do cupê, que tem 4,74 m de comprimento, 2,06 m de largura, 1,28 m de altura e 2,81 m de entre-eixos, com 1.770 kg em ordem de marcha. O DB11 Volante já tem preços sugeridos: £159.900 no Reino Unido, €199.000 na Alemanha e US$ 216.495 nos EUA. Por aqui ele não custaria menos de R$ 1,5 milhão. Importado de maneira independente, se vier, vai passar fácil dessa cifra. Quem sabe um dia a marca não volta a ter aqui uma representação oficial? Fica a torcida.

Compartilhar
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Saiba agora quanto vale seu carro novo ou usado

Hatchback
Sedã
Picape
SUV/Crossover
SW/Perua
Van/Minivan
Cupê
Conversível
Luxo
Hibrido/Elétrico
PUBLICIDADE

Encontre o Preço do Seu Carro