PUBLICIDADE
HomeNotíciasNovidades
Compartilhar

Aston Martin protege futuro de seus clássicos com Heritage EV

Conversão permitirá que modelos clássicos circulem em grandes centros sem restrições. E que possam receber seus motores a combustão de volta depois

Depois de a Volkswagen dizer que não desenvolverá mais nenhum novo motor a combustão depois de 2026, pode parecer que os fabricantes só se preocuparão com seus futuros lançamentos. Mas nem todo mundo age assim. Marcas centenárias também se preocupam com sua história. Exemplo disso é a Jaguar, que resolveu oferecer de fábrica o E-Type Zero, uma conversão elétrica reversível do clássico considerado o carro mais bonito de todos os tempos. A Aston Martin curtiu a ideia e resolveu fazer o mesmo, mas com todos os seus modelos clássicos. E usou um DB6 MkII Volante 1970 como exemplo do programa Heritage EV. Dedicado a converter clássicos em elétricos, sem restrições de circulação. Para isso, a empresa usará o que chama de "motorização elétrica cassete". Porque ela também é totalmente reversível.

Funciona assim: se o dono da preciosidade quiser circular em grandes centros, como Londres, Paris etc., ele coloca um motor e uma bateria sob o capô. Quando quiser pegar uma estrada, sem as restrições de emissões das cidades, ele pode voltar a usar o motor. Lógico que isso exige mão de obra especializada e horas de trabalho, mas é disso que se trata a parte reversível da coisa. A Aston não forneceu dados técnicos da conversão. Nem custos. Disse apenas que as conversões, baseadas em seu primeiro carro elétrico, o Rapid-E, deverão começar em 2019.

Compartilhar

Notícias Recentes

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Saiba agora quanto vale seu carro novo ou usado

  • Hatchback

  • Sedã

  • SUV/Crossover

  • Picape

  • SW/Perua

  • Van/Minivan

  • Cupê

  • Conversível

  • Hibrido/Elétrico

  • Luxo

PUBLICIDADE