PUBLICIDADE
HomeNotíciasNovidades
Compartilhar

Com o iX3, BMW quer começar a falar grosso entre modelos elétricos

SUV elétrico será fabricado na China e exportado para a Europa e EUA a partir de 2020

O BMW i3 não estará mais sozinho por muito tempo. A marca alemã aproveitou o Salão de Pequim para exibir, em versão conceitual, seu primeiro SUV totalmente elétrico. Será o iX3, baseado, como o nome denuncia, no X3. Recentemente, a empresa disse que não compensava fabricar elétricos puros em larga escala nessa altura do campeonato, algo que a Nissan nega, com o Leaf, e que a Tesla quase confirma, com os prejuízos recorrentes que enfrenta apesar de ser a marca de elétricos mais bem sucedida do mundo em número de vendas. Pois o iX3 ou não se encaixa na definição de "não compensa" ou se beneficiará dos baixíssimos custos de produção da China, onde será produzido a partir de 2020 para exportação para a Europa e os EUA, segundo a Bloomberg.

Do ponto de vista técnico, o iX3 provavelmente tem as mesmas dimensões do X3: 4,72 m de comprimento, 1,90 m de largura e 1,68 m de altura, com um entre-eixos de 2,86 m. Ambos são fabricados sobre a plataforma CLAR (Cluster Architecture), cuja flexibilidade a BMW destaca nas informações oficiais do SUV elétrico (sem mencionar a CLAR, diga-se de passagem). Com uma bateria de 70 kWh, o iX3 tem uma autonomia de 400 km, pode ter suas baterias de alta voltagem (que a BMW não menciona se são de 400V ou de 800V) recarregadas totalmente em 30 minutos e conta com um motor elétrico de quinta geração que lhe dá uma potência de 272 cv. O novo iX3 será fabricado exclusivamente em Shenyang, na China, em parceria com a Brilliance.

 

Compartilhar
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Saiba agora quanto vale seu carro novo ou usado

Hatchback
Sedã
Picape
SUV/Crossover
SW/Perua
Van/Minivan
Cupê
Conversível
Luxo
Hibrido/Elétrico
PUBLICIDADE

Encontre o Preço do Seu Carro