PUBLICIDADE
HomeNotíciasNovidades
Compartilhar

BMW revela a nova geração do X4 antes de sua estreia oficial no Salão de Genebra

Segunda geração do SUV cupê usa a nova plataforma CLAR (Cluster Architecture), a mesma do novo X3

Depois que a BMW revelou a terceira geração do X3, no Salão de Frankfurt de 2017, era certo que o novo X4 não demoraria. Não só porque ele é uma versão cupê do X3, mas também porque a BMW tem pressa em adotar a plataforma CLAR (Cluster Architecture) em toda a sua linha. Com ela, a empresa da Baviera terá significativos ganhos de escala. Além de usada no X3 e no X4, ela já está no BMW Série 7, no Série 5 e chegará a X5, X6, ao futuro X7 e também ao carro mais vendido da BMW, o Série 3.

 

O novo BMW X4, em sua segunda geração, tem 4,75 m de comprimento, 1,92 m de largura, 1,62 m de altura, 2,86 m de entre-eixos e um porta-malas de 525 l, expansível para até 1.430 l. Em seu lançamento, no Salão de Genebra, ele terá apenas duas versões a gasolina apresentadas. A de entrada é a xDrive20i, equipada com o conhecido motor 2.0 de 4 cilindros TwinPower de 184 cv entre 5.000 rpm e 6.500 rpm e 29,6 kgfm entre 1.350 rpm e 4.250 rpm. A topo de linha (por ora) será a xDrive30i, com o mesmíssimo 2.0, mas potência de 252 cv de 5.200 rpm a 6.500 rpm, com torque de 35,7 kgfm entre 1.450 rpm e 4.800 rpm. A transmissão é a automática de 8 marchas da ZF, para tração traseira ou integral, como no caso das duas versões do X4. Há a expectativa de um modelo com motor 3.0 de 6 cilindros, com 360 cv, mas a BMW não apresentou seus dados técnicos. Provavelmente porque ele só deverá ser vendido mais adiante.

Contrariando a tendência de tirar os diesel de cena, a BMW terá 3 com esses motores. Duas com um motor 2.0 de 4 cilindros (xDrive20d e xDrive25d), respectivamente com 190 cv e 231 cv, e uma com motor 3.0 de 6 cilindros (M40d), antes tradicionais na marca. Este entrega 326 cv. Os diesel também usam a transmissão automática de 8 marchas.

Como é fabricado no Brasil, o X4 de nova geração também deverá chegar a Araquari, em Santa Catarina. Isso se o Rota 2030 realmente for aprovado até o final deste mês. E se não houver mais surpresas no caminho dos fabricantes que resolveram apostar no mercado brasileiro. Infelizmente, sempre há.

 

Compartilhar
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Saiba agora quanto vale seu carro novo ou usado

Hatchback
Sedã
Picape
SUV/Crossover
SW/Perua
Van/Minivan
Cupê
Conversível
Luxo
Hibrido/Elétrico
PUBLICIDADE

Encontre o Preço do Seu Carro