PUBLICIDADE
HomeNotíciasNovidades
Compartilhar

Por respeitarem leis, carros autônomos são vítimas de motoristas humanos

Boa parte dos acidentes registrados com veículos autônomos foram por culpa de motoristas impacientes com o modo robótico de guiar

Um novo aspecto do uso de carros autônomos começa a emergir. Por respeitarem as leis com rigor, eles estão se tornando vítimas de acidentes causados por motoristas comuns. Estes últimos se impacientam com o modo robótico de dirigir e acabam causando batidas, majoritariamente nas traseiras dos autônomos. É o que mostra uma reportagem recente da Bloomberg sobre como anda o convívio de modelos sem motorista, ainda em testes, e gente de carne e osso atrás do volante.

 

Segundo a reportagem, o grande desafio dos desenvolvedores é tornar o modo de dirigir dos autônomos parecido com o dos motoristas atuais. Em vez de parar completamente em cruzamentos, por exemplo, o autônomo teria de ser capaz de apenas diminuir a velocidade, para se certificar de que não vem ninguém e seguir viagem. Algo que motoristas comuns fazem atualmente, parando apenas se vier outro motorista em sentido contrário.

Mais do que permitir que os autônomos se misturem ao trânsito de modo imperceptível, o objetivo dos pesquisadores é evitar rejeição à tecnologia. Com o tempo, e com tecnologia V2V (de veículo a veículo) e V2I (de veículo para a infraestrutura, como semáforos), a tendência é que os autônomos sejam até mais rápidos do que os motoristas atuais. Mas, até chegar lá, a preocupação é que os autônomos mantenham o trânsito fluindo bem.

Compartilhar
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Saiba agora quanto vale seu carro novo ou usado

Hatchback
Sedã
Picape
SUV/Crossover
SW/Perua
Van/Minivan
Cupê
Conversível
Luxo
Hibrido/Elétrico
PUBLICIDADE

Encontre o Preço do Seu Carro