PUBLICIDADE
HomeNotíciasMercado
Compartilhar

Chery coloca suas operações no Brasil à venda na bolsa de valores de Anhui

Grupo CAOA estaria interessado em adquirir a operação, de acordo com a agência Autodata.

A maré de azar da Chery no Brasil parece ter sufocado a matriz. Depois de apostar suas fichas em produtos de baixa procura, de tentar vender carros baratos em um mercado sem crédito e de instalar sua fábrica sob a jurisdição do sindicato mais problemático do país, a empresa entregou os pontos e colocou sua operação brasileira à venda na bolsa de valores de Anhui, na China, no último dia 10, como informa a agência Autodata.

A venda de 50,07% do capital social da operação, que manterá a matriz como sócia minoritária, dará ao comprador o controle sobre a fábrica, paralisada por uma greve há 22 dias, sobre a rede de concessionários e sobre as operações de importação de novos produtos. Fontes da Autodata informam que o grupo CAOA seria o maior interessado na aquisição.

Chery Tiggo 2

Prestes a ser lançado, o Chery Tiggo 2 começa a ser produzido no último trimestre deste ano em Jacareí (se o sindicato ajudar). Considerado como a virada de mesa da empresa por aqui até pouco tempo, ele aparentemente chegará tarde. As propostas de compra das operações nacionais precisam estar nas mãos dos acionistas até 7 de novembro. Imaginamos que até dezembro o novo controlador será anunciado. Sorte dele se o jipinho cair no gosto dos brasileiros.

Compartilhar
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Saiba agora quanto vale seu carro novo ou usado

Hatchback
Sedã
Picape
SUV/Crossover
SW/Perua
Van/Minivan
Cupê
Conversível
Luxo
Hibrido/Elétrico
PUBLICIDADE

Encontre o Preço do Seu Carro