PUBLICIDADE
HomeNotíciasNovidades
Compartilhar

Chevrolet apresenta novo Captiva no México

SUV tem origem chinesa e versões com cinco ou sete lugares

Longe do Brasil desde 2017, o Chevrolet Captiva ganhou vida nova no México. No entanto, ao contrário do SUV conhecido pelos Brasileiros, o modelo não tem muita relação com a Opel e não é exatamente um Chevrolet.

O novo Captiva nasceu da parceria com a Baojun, marca chinesa que pertence à SAIC Motors e possui parceria com a Chevrolet. Assim, a empresa americana transformou o Baojun 530 em Captiva e já oferece o SUV em alguns mercados.


Com versões de cinco e sete lugares, o Captiva chega ao México mais barato que o Tracker Premier. Em termos de porte, é equiparável a modelos como Volkswagen Tiguan e Caoa Chery Tiggo 8. São 4,65 metros, 1,83 m de largura, 1,76 de altura e 2,75 m de entre eixos. O porta-malas tem 426 litros quando a terceira fileira não está sendo usada.

Entre os equipamentos, há ar-condicionado automático, quadro de instrumentos digital, teto panorâmico, central multimídia com tela vertical de 10,4 polegadas compatível com Android Auto e Apple Carplay, rodas aro 18, freio de estacionamento eletrônico com função auto-hold e banco do motorista com ajuste elétrico. Mas tem apenas quatro airbags.

O motor é sempre um 1.5 turbo com 146 cv e 25,4 kgfm de torque. O câmbio é automático do tipo CVT com simulação de oito marchas.

Compartilhar
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Saiba agora quanto vale seu carro novo ou usado

Hatchback
Sedã
Picape
SUV/Crossover
SW/Perua
Van/Minivan
Cupê
Conversível
Luxo
Hibrido/Elétrico
PUBLICIDADE

Encontre o Preço do Seu Carro