PUBLICIDADE
HomeNotíciasMercado
Compartilhar

Além de confirmar Bolt na Argentina, GM cogita produzi-lo no Mercosul

Afirmação veio do presidente da companhia, Carlos Zarlenga, que está de olho nas reservas de lítio argentinas

Não é só para o Brasil que o Chevrolet Bolt está confirmado. Carlos Zarlenga, presidente da GM Mercosul, também o confirmou para o mercado argentino ainda em 2018. E foi mais além: "Não surpreerderia que antes que a década termine a companhia anuncie a fabricação de veículos elétricos no Mercosul", disse ele à Agência Telam. Uma das boas razões para isso seriam as "importantes reservas de lítio" do país vizinho. "Trazer a tecnologia e desenvolver o carro elétrico é uma grande oportunidade", disse Zarlenga

Como as baterias do Chevrolet Bolt são produzidas pela LG Chem, seria preciso que a empresa se instalasse na Argentina para que a produção de baterias por lá permitisse a produção local do elétrico da GM. Mas, se o executivo já fala nisso, é bem possível que existam planos concretos para que algo do tipo aconteça. Vale lembrar que a Argentina tem estímulos à produção e à venda de veículos elétricos. Algo que o Rota 2030 também prevê e com que a indústria automotiva nacional conta para agir na mesma direção, como lembra a revista Autoesporte. Só que, com o programa de longo prazo em compasso de espera, os riscos são bem maiores do que ficar para trás nessa tecnologia. De novo.

 

Compartilhar
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Saiba agora quanto vale seu carro novo ou usado

Hatchback
Sedã
Picape
SUV/Crossover
SW/Perua
Van/Minivan
Cupê
Conversível
Luxo
Hibrido/Elétrico
PUBLICIDADE

Encontre o Preço do Seu Carro