PUBLICIDADE
HomeNotíciasNovidades
Compartilhar

Chevrolet Tracker terá versões LTZ e Premier com motor 1.0 turbo

GM quer voltar a liderar entre os SUVs compactos

A Chevrolet, vendo a Volkswagen ameaçar sua liderança, começa a ensaiar maneiras de reagir. Uma delas é atacando o segmento mais procurado atualmente, o de SUVs compactos. A empresa anunciou mudanças na gama do Tacker para voltar a liderar dentro dessa fatia de mercado.

A partir de outubro, a configuração LTZ não terá mais o motor 1.2 turbo, além disso, haverá uma configuração Premier 1.0 Turbo, restringindo o motor mais potente como opção na topo de linha. Segundo a GM, isso acontece, pois, a Premier 1.2 é mais procurada, enquanto a 1.0 foi bem aceita no mercado.

“O Tracker 1.0 Turbo surpreendeu em performance e eficiência energética, superando inclusive concorrentes equipados com motores maiores. Além disso, estamos observando grande interesse do mercado por configurações mais equipadas”, explica Rodrigo Fioco, diretor de Marketing de Produto da GM América do Sul, no comunicado enviado à imprensa.

A lista de equipamentos não será modificada, todos os itens presentes na LTZ 1.2 estarão presentes na LTZ 1.0, incluindo o alerta de colisão frontal, assistente de frenagem e sensor de ponto cego. Na topo de linha, a única diferença entre a Premier 1.0 Turbo e Premier 1.2 Turbo será o teto solar panorâmico, exclusivo da configuração mais potente.

O motor mais potente tem 133 cv e 21,4 kgfm quando abastecido com etanol, já o 1.0 turbo é o mesmo de Onix e Onix Plus. Neste caso, a potência máxima é de 116 cv e o torque é de 16,8 kgfm.

Compartilhar
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Saiba agora quanto vale seu carro novo ou usado

Hatchback
Sedã
Picape
SUV/Crossover
SW/Perua
Van/Minivan
Cupê
Conversível
Luxo
Hibrido/Elétrico
PUBLICIDADE

Encontre o Preço do Seu Carro