PUBLICIDADE
HomeNotíciasDicas
Compartilhar

Como tirar pequenos arranhões em casa

Algumas situações podem ser resolvidas em casa, outras é melhor investir em um bom profissional

Você deixou seu carro estacionado em algum lugar e quando voltou tinha um arranhão novo. Sua primeira reação, após esbravejar muito, certamente será de querer resolver esse problema. Será que dá para fazer em casa sem comprometer a pintura? Vale à pena? Vamos te ensinar como avaliar e se dá para resolver sozinho ou precisará de um especialista. 

Avalie a situação

O primeiro passo é avaliar se você está vendo outra cor por baixo do risco ou se você passar a unha e ela "enroscar". Isso é sinal que o arranhão passou da camada do verniz e pode ter atingido a tinta ou o prime. Neste caso, faço uma limpeza simples e leve para um profissional, pois não será possível resolver a situação em casa. 

Se não for o caso, é possível remover usando cera, massa para polimento ou lixa, no entanto, os dois últimos são mais abrasivos, ou seja, removem uma quantidade maior da cobertura e necessitam de mais cuidado. Agora vamos ao procedimento para a retirada desses pequenos arranhões. 

Limpeza

O primeiro passo é lavar e secar o carro. Não dá para tirar arranhões com o carro sujo, uma vez que as partículas presas podem piorar os riscos ou mascarar algum outro defeito. Assim você poder até diminuir a aparência de alguns danos, além de ver a real situação daquele arranhão que está te incomodando. 

Óleo de banana 

Dependendo do arranhão, o óleo de banana pode ser um aliado. Imagine aquela encostadinha no para-choque que deixou um borrão de outra cor. Nessa situação, o óleo serve como solvente e ajuda a tirar essa outra tinta. Use em pequenas quantidades com um pedaço de algodão. Lave novamente, seque e encere. Evite passar sobre a tinta original do veículo. 

Cera

Após a avaliação e limpeza, a cera pode não só retirar os pequenos ricos, como os feitos por unha de cachorro ou aquela encostada com jeans na porta, como dará brilho à pintura e irá proteger o veículo de novos riscos. 

Massa fina e lixa

Aqui entramos nas dicas que você só deve seguir se tiver experiência ou for atrás de algum curso. Os dois materiais são extremamente abrasivos, portanto, podem danificar a pintura do veículo se não for feito o uso correto. Em geral, as empresas que vendem a politriz oferecem cursos de como fazer o polimento. 

A ideia de usar a massa é para literalmente cobrir um defeito maior, porém, quando for utilizar, o ideal é fazer em toda a peça, especialmente veículos com cores escuras. Desse jeito é mais difícil de causar diferenças na cor da mesma peça. 

Já a lixa, apensar de ser utilizada com água, pode retirar toda a camada de verniz com qualquer erro de manuseio, deixando a pintura opaca e esbranquiçada. Os mais distraídos podem até remover a tinta. 

Esmalte pequenos reparos

Hoje várias empresas trabalham com kits de pequenos reparos. Há praticamente toda a gama de cores dos carros mais vendidos. Eles acompanham a tinta escolhida com 10 ml, o mesmo de um esmalte para unhas, e um verniz, também com 10 ml. Dessa maneira é possível cobrir totalmente o risco, no entanto, também será necessária lixar o local para melhor fixação. 

Compartilhar
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Saiba agora quanto vale seu carro novo ou usado

Hatchback
Sedã
Picape
SUV/Crossover
SW/Perua
Van/Minivan
Cupê
Conversível
Luxo
Hibrido/Elétrico
PUBLICIDADE

Encontre o Preço do Seu Carro