PUBLICIDADE
HomeNotíciasNovidades
Compartilhar

Confira as melhores pegadinhas automotivas de Primeiro de Abril

Teve Tesla pedindo falência, novo trator Porsche elétrico, carro movido a esterco de alpaca e muito mais!

Muita gente que não fica atenta a datas pode ser vítima de pegadinhas criativas. Isso porque domingo, além de ser Páscoa, foi 1° de abril, o dia mundial da mentira. E o mundo automotivo é pródigo nessas brincadeiras, que vêm de todos os lados, mas particularmente do Reino Unido e dos EUA. Basta estar desavisado para se deparar com coisas do arco da velha. Divertidíssimas para quem assiste e já sabe a maldade por trás das notícias e também para quem mantém o bom humor mesmo depois de ser enganado. Confira as melhores brincadeiras de 2018 logo abaixo.

O apoio de cabeça cancelador de barulhos da Skoda

Sim, filhos são uma bênção, mas não há pai ou mãe neste mundo que nunca quis pelo menos um seletor de volume para as gritarias. Pois a Skoda ofereceu no Primeiro de Abril apoios de cabeça que não diminuem, mas eliminam completamente o ruído vindo do banco traseiro. Com a vantagem de conservar os barulhos essenciais da estrada. Se realmente existisse, o equipamento seria vendido no Skoda Karoq, que chegará ao Brasil como o VW Tharu/Tarek no final do ano que vem, fabricado na Argentina. Uma lorota que muita gente gostaria que fosse verdade.

Aston Martin Project Sparta

Aston Martin Project Sparta

Cansada de disputar apenas as 24 Horas de Le Mans e de ter entrado na F1 (patrocinando a Red Bull), a Aston Martin agora quer entrar no campeonato de Monter Truck. Com a ajuda do piloto vencedor das 24 Horas, Darren Turner, ela levará uma versão de seu futuro crossover, o DBX, para esmagar outros carros com rodões e o mesmo motor do Valkyrie, um V12 6.5 naturalmente aspirado de mais de 1.100 cv. Como se um motor destes pudesse ter torque em baixa para mover o monstro adiante. O nome, Project Sparta, remete à história dos guerreiros gregos que se viu no filme "300". 

O downsizing de carroceria da Audi

 

A Audi achou que oferecer um sistema que estaciona o carro sozinho não foi suficiente. Especialmente porque muitos dos carros que ela fabrica são grandes e difíceis de caber em qualquer vaga. Pensando nisso, a empresa alemã resolveu criar o downsizing de carroceria. Sensores medem a vaga paralela em que que o modelo terá de se encaixar. Se ela for suficiente, o sistema só manobra o veículo. Se for pequena, ele também encurta a carroceria, na região do habitáculo, para que o veículo caiba. Azar de quem andar atrás ou dos índices de segurança em crash-tests. O negócio é fazer o carro entrar na vaga. E fazer a turma acreditar na mentira.

O Honda CR-V conversível

Honda CR-V Conversível

Mostramos recentemente por aqui como anda a quinta geração do Honda CR-V, que chegou recentemente ao Brasil, mas a Honda achou que valia fazer uma versão conversível do modelo. E deixar o teto, cortado com serra elétrica, no chão do estúdio onde as fotos foram feitas. Tudo para mostrar a liberdade proporcionada pela falta de teto, algo que a Land Rover fez com o Evoque, mas certamente de modo menos amador. Afinal de contas, a fabricante britânica realmente queria vender sua versão conversível. Já a Honda cortou o teto deste CR-V só de sacanagem. Pegadinha!

O trator elétrico da Porsche

Trator elétrico da Porsche

Se você não sabe, a Porsche já fabricou tratores nos anos 1950. Tanto que usou um deles, em outubro de 2016, para mostrar como seu serviço de pós-venda é confiável. O vídeo, que não tem nada de mentira, vale alguns minutos de sua atenção:

Na esteira disso, a Porsche anunciou que usaria a tecnologia do Mission E, com seu sistema de 800V que permite carregamento rápido, para voltar a fazer tratores. O Mission E Tractor teria mais de 700 cv e seria um dos tratores mais rápidos do mercado, ajudando os fazendeiros a fazer a colheita em tempo recorde com o benefício de nenhuma emissão de poluentes no processo e quase nada de barulho. A ideia é tão interessante que houve muitos advogados do carro elétrico protestando contra a brincadeira. Afinal, não haveria nada de engraçado em ter um trator elétrico deste naipe. Verdade. O que a marca provavelmente acha engraçado é voltar a fazer máquinas agrícolas...

MG movido a esterco de alpaca

MG movido a esterco de alpaca

Depois de se decidir a não vender mais carros movidos a diesel no Reino Unido, a MG procurou combustíveis alternativos e a melhor opção seria esterco de alpaca. Evidentemente, porque é de fonte renovável, abundante e orgânico. Abundante não é, como você bem sabe (já viu alguma alpaca ao vivo?). Alpacas são conhecidas por cuspir em agressores, mas as dessa pegadinha também devem rir de monte de quem acreditar em uma bobagem dessa magnitude.

BMW X2 e sua Digital Camo

BMW X2 com Digital Camo

Em períodos de desenvolvimento, protótipos costumam rodar sob camuflagem. Mas a BMW teria começado a receber muitos pedidos de clientes e resolveu oferecer a Digital Camo, um acessório original que poderia ser adquirido por € 4.500 e que levaria quatro dias para ser aplicado ao X2, modelo que o ofereceria de modo exclusivo neste primeiro momento. Ou melhor, neste Primeiro de Abril...

Tesla falida e Elon Musk na sarjeta

Bob Lutz, crítico ferrenho da Tesla, talvez tenha caído na brincadeira do CEO da fabricante de elétricos, Elon Musk. Ele anunciou no Twitter, como costuma fazer com tudo, que a Tesla havia pedido falência em todos os capítulos possíveis da lei de falência americana. Em suma, um desastre total. Para tornar tudo ainda mais dramático, ele informou que havia sido encontrado desmaiado sobre um Model 3, cercado de garrafas de "Teslaquilla", ainda com as marcas as lágrimas em suas bochechas. Trollagem pura.

Lexus Genetic Select

Em parceria com a empresa de sequenciamento genético 23 and me, a Lexus passou a oferecer modelos criados especificamente para seus proprietários. Por meio de um teste genético, ela avalia se o motorista precisa de óculos, criando um para-brisa com grau, se gosta de café, adicionando porta-copos maiores, se tem sensibilidade ao sol, aumentando ou diminuindo o grau de proteção aos raios ultravioleta e assim por diante. O vídeo acima, apesar de estar em inglês, mostra bem o absurdo. E deve ter sido levado a sério por muita gente, já que foi publicado em 28 de março. Mas era só "zuêra".

Alex Roy morto

Já falamos por aqui do Alex Roy, que criou a Human Driving Association e o Manifesto da Direção Humana. Antes mesmo de que o Uber estivesse envolvido na primeira morte causada por um veículo autônomo. Pois Roy usou o primeiro de abril para dizer que havia morrido em um acidente de carro. Contou toda a sua história e disse que, enquanto escrevia seu texto, mais de 40 pessoas tinham morrido de acidentes de carro. E fez um alerta longo sobre segurança no trânsito que vale muito a pena ler. Em resumo, ele diz que carros autônomos não serão uma panaceia e que é imprescindível que os motoristas tenham uma formação mais adequada para poderem dirigir. E que, quando tiverem habilitação, continuem a dirigir de maneira responsável. Mortes no trânsito viraram rotina, mas matam muito mais do que se possa imaginar. Nos EUA, matam mais do que armas, sobre as quais se debate tanto por lá se devem ser controladas ou não. Segundo Roy, o debate que realmente deveria estar nas mentes das pessoas é sobre segurança viária. Em suma, fez um uso bacana do Dia da Mentira para falar de verdades "inconvenientes".

Compartilhar
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Saiba agora quanto vale seu carro novo ou usado

Hatchback
Sedã
Picape
SUV/Crossover
SW/Perua
Van/Minivan
Cupê
Conversível
Luxo
Hibrido/Elétrico
PUBLICIDADE

Encontre o Preço do Seu Carro