PUBLICIDADE
HomeNotíciasNovidades
Compartilhar

Do criador do Waze, chegou ao Brasil o Engie, o "iFood" da mecânica

Com dispositivo OBD para diagnóstico de mais 10 mil falhas, aplicativo também conecta usuário a mecânicos

A novidade chegou por aqui em 30 de novembro, mas não foi devidamente comunicada. Só soubemos dela muito recentemente, mas ela não foi menos surpreendente por causa disso. Elaborada por um dos criadores do Waze, o israelense Uri Levine, o Engie só pode ser descrito como uma espécie de "iFood" da mecânica, ainda que ele vá um pouco além. Muito porque vende um transmissor Bluetooth OBD (On-Board Diagnostic) que permite o diagnóstico de mais de 10 mil falhas no veículo. E o iFood não mede a fome de quem o utiliza (até porque não é necessário). Mas se assemelha ao aplicativo de alimentação por colocar os donos de carros em contato com mecânicos bem avaliados, aos quais é teoricamente seguro levar o carro com confiança.

O aplicativo funciona em conjunto com esse transmissor OBD, que custa R$ 69 para Android e R$ 99 para iPhone. E ele obriga o mecânico a lhe dar um orçamento detalhado do que é preciso fazer, o que, por si só, já estimulará muita gente a ficar curioso sobre o Engie. Também identifica se o problema foi efetivamente reparado, o que evita que o motorista seja enganado. Mas o Engie também devolve aos carros algumas funcionalidades, como medir a temperatura do motor e a carga da bateria, mostradores que os veículos deixaram de apresentar, e acrescenta outras, como indicar a eficiência de consumo de combustível e também o nível de emissões do carro. Como bônus, o aplicativo pode ajudá-lo a encontrar o carro no estacionamento. Sem exigir assinatura mensal. Uma boa ajuda em tempos bicudos como os nossos.

Compartilhar
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Saiba agora quanto vale seu carro novo ou usado

Hatchback
Sedã
Picape
SUV/Crossover
SW/Perua
Van/Minivan
Cupê
Conversível
Luxo
Hibrido/Elétrico
PUBLICIDADE

Encontre o Preço do Seu Carro