PUBLICIDADE
HomeNotíciasNovidades
Compartilhar

Ferrari revelará o F8 Tributo, com 185 cv/l, no Salão de Genebra

Substituto do 488 GTB tem 50 cv a mais e 40 kg a menos do que seu antecessor e é modelo mais potente de produção em série da fabricante italiana

Imagine ter um carro 1.0 com 185 cv. Se o motor V8 4.0 turbinado da Ferrari pudesse ser dividido em 4, seria essa a potência do popular nas suas mãos. É esse motor, o premiadíssimo tipo F154, que está sob a tampa traseira do motor do novo F8 Tributo, o substituto do 488 GTB, que será uma das maiores estrelas do Salão de Genebra. Além de 50 cv mais potente que seu antecessor, o F8 Tributo também é 40 kg mais leve, o que o torna um carro de respeito: é o modelo de produção regular mais potente já produzido pela marca italiana. 

Com 4,61 m de comprimento, 1,98 m e 1,21 m de altura, o F8 Tributo é maior (4,57 m) e mais largo (1,95 m) que o 488. Mas tem a mesma altura e, muito provavelmente, o mesmo entre-eixos, de 2,65 m. Ao mudar o nome, a Ferrari provavelmente mantém a plataforma e aperfeiçoa o modelo de várias maneiras diferentes, mas que remete basicamente ao 458 Italia, de 2009. Esse, sim, um modelo inteiramente novo em relação ao F430 em termos de plataforma.

Ferrari F8 Tributo

Segundo a Ferrari, o modelo é 10% mais eficiente em termos aerodinâmicos e tem sustentação negativa, ou downforce, 15% superior do que a do 488 GTB. Com o novo conjunto, o modelo consegue ir de 0 a 100 km/h em 2,9 s, de 0 aos 200 km/h em 7,8 s e atinge a velocidade máxima de 340 km/h. No volante pequeno, o famoso "manettino" permite controlar o Ferrari Dynamic Enhancer, ou FDE+, que ajusta diversos aspectos do carro para o comportamento que o motorista espera. Pode ser em pisos molhados (WET), um modo esportivo (SPORT), o para track days e competições (RACE) e as opções de desligamento do controle de tração e de estabilidade. Mas é na traseira que se entende o porquê de o modelo ser chamado de Tributo.

Ferrari F8 Tributo

Segundo a Ferrari, a tampa transparente que recobre o motor, moldada em Lexan, foi feita para remeter ao V8 mais famoso da história da marca, o F40. Um modelo muito menos potente, com 484 cv, mas muito mais impressionante em sua época. Talvez o F8 Tributo consiga repetir a boa fama do modelo em que se inspira, ainda que em um cenário muito mais competitivo. Vida de supercarro já foi mais fácil...

Compartilhar
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Saiba agora quanto vale seu carro novo ou usado

SUV/Crossover
Picape
Hatchback
Sedã
SW/Perua
Van/Minivan
Cupê
Conversível
Hibrido/Elétrico
Luxo
PUBLICIDADE

Meus Carros

Comparações salvas

Nenhuma comparação salva

Nenhum carro recente