PUBLICIDADE
HomeNotíciasNovidades
Compartilhar

Ford encerra atividades da fábrica de São Bernardo do Campo

Unidade pertence a Ford há 52 anos e já foi berço do Jeep Willys

A Ford encerrou na última quarta-feira, 30, depois de 52 anos, a produção de veículos na fábrica de São Bernardo do Campo, no ABC paulista. O primeiro modelo produzido na fábrica foi o Corcel, em 1968. Em junho desse ano, o último veículo feito foi o Fiesta. 

Desde o fim da produção do hatch, a marca fazia apenas caminhões no local. A decisão de fechar a fábrica foi anunciada em fevereiro. A partir dali iniciou-se um plano de venda do local e tratativas com a CAOA para assumir a operação de caminhões, mas sem acordo até o momento. 

A fábrica também foi responsável por fazer veículos conhecidos, como Ka, Escort, Maverick, Del Rey, Verona e Pampa. Antes de ser comprada pela Ford, a unidade pertencia a Willys-Overland do Brasil e foi inaugurada em 1954. Por lá passaram a produção do Jeep Willys, Aero, Rual, CJ-5 e Itamaraty. 

Primeiro Ford produzido em São Bernardo do Campo

Com o fim da linha de caminhões, 600 funcionários se juntam aos 750 demitidos em junho. Os funcionários administrativos serão transferidos para um prédio em São Paulo. A Ford planeja reduzir custos de operação na América do Sul. Para isso, além de fechar algumas fábricas, focará em SUVs e picapes. Recentemente, uma parceria de produção com a Volkswagen também foi anunciada.

Compartilhar
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Saiba agora quanto vale seu carro novo ou usado

Hatchback
Sedã
Picape
SUV/Crossover
SW/Perua
Van/Minivan
Cupê
Conversível
Luxo
Hibrido/Elétrico
PUBLICIDADE

Encontre o Preço do Seu Carro