PUBLICIDADE
HomeNotíciasNovidades
Compartilhar

GFG Style Sybilla faz bem mais do que celebrar os 80 anos de Giorgetto Giugiaro

Modelo elétrico também homenageia mãe do designer e integra o automóvel à rede elétrica por meio de smart grids

Não se engane pelo estilo futurista do GFG Style Sybilla. Ele vai muito além de ser um conceito comemorativo pelos 80 anos de Giorgetto Giugiaro. Ou uma homenagem à mãe do famoso designer italiano, Maria Sibilla. Ou de seus detalhes técnicos interessantes, como o fato de ser elétrico e de ter um canopi. Como um jato. O que o Sybilla tem de mais impactante é o conceito que apresenta, o de uma Internet da Energia. Na qual cada automóvel poderia ser chamado de um "servidor".

Isso acontece porque o projeto foi feito pela GFG, ou Giorgetto & Fabrizio Giugiaro, empresa de design criada por pai e filho depois de eles terem vendido a Italdesign para a Volkswagen, e pela Envision, uma companhia chinesa de geração de energia. Ela pretende revolucionar o mercado mundial com o que chama de EnOS, algo como Energy Operating System, o sistema operacional da Envision. Ele tem como ponto de partida o que a empresa chama de "Entopia", um nome perigosamente próximo de entropia, mas há que se dar um desconto aos chineses...

O que a Entopia propõe é criar uma rede de energia limpa pelo mundo com o uso de geração eólica e solar. Mas não apenas isso. Esses sistemas de geração limpa de energia seriam interligados a automóveis. Uma das maiores críticas feitas a sistemas eólicos e solares de energia é que eles precisariam de grandes baterias para armazenar a eletricidade que gerariam em seus horários de maior produção, mão necessariamente os de maior consumo. E é justamente aí que os automóveis elétricos, com suas enormes baterias, entram na história.

EnOS, da Envision

Com o EnOS, a Envision pretende viabilizar o uso dos smart grids, sistemas elétricos que não apenas recebem energia da concessionária, mas que também conseguem entregá-la. E ela fará isso por meio de um software de uso livre que será uma espécie de "maestro energético", controlando quem gera a energia, onde ela é armazenada, quem pode consumi-la e assim por diante. Algo em que outras fabricantes de automóveis também estão de olho, como Hybrid Kinetic, ou HKMitsubishiNissan, que já divulgou a imagem abaixo sobre seu conceito de smart grid. E as vantagens que ele oferece: maior estabilidade da rede elétrica, por sempre ter de onde tirar energia, segurança para o dono de um carro elétrico, capaz de sustentar sua casa por no mínimo 2 dias de consumo, e até uma fonte de renda para o dono do elétrico, que pode vender a energia guardada nas baterias de seu veículo de volta à rede de distribuição.

Nissan e seu conceito de smart grid

Em muitos países, a energia é tarifada de modo diferente dependendo do momento do dia em que você a consuma. No Brasil, isso começou a valer, para alguns consumidores, a partir de janeiro. Pense conosco: você só usa seu carro o dia todo se for um caixeiro viajante ou tiver alguma atividade comercial que o envolva. A maioria dos mortais só o utilizam para ir ao trabalho e voltar para casa no final do dia. Eventualmente para viajar com a família nos finais de semana. Com isso, o carro ficará parado por pelo menos 8 horas em algum estacionamento. Nesse tempo, a energia elétrica talvez seja mais barata, o que permite carregar as baterias a custo mais baixo. Ao voltar para casa, com as baterias completamente "cheias", o dono do carro ou pode usar a energia do carro para abastecer sua casa, evitando a tarifa mais salgada, ou pode vender essa energia de volta ao sistema. Ainda com carga suficiente para ir ao trabalho no dia seguinte e deixar o carro carregando no horário mais barato.

Confira o vídeo acima, do Nissan IMx, o crossover do Leaf. Lá pelo 1:45, acontece algo interessante: o crossover se estaciona sozinho e o aplicativo no celular pergunta ao motorista se ele quer pagar o estacionamento com dinheiro ou com energia das baterias. E ele escolhe pagar com eletricidade, fazendo o carro fornecer energia ao local. Energia sempre foi uma moeda forte, como sabiam as petroleiras na época em que o petróleo era a maior e mais importante fonte dela. Hoje, o nome do jogo é eletricidade. Tanto que a Tesla talvez não seja apenas uma fabricante de automóveis, mas uma peça chave na estratégia de Elon Musk de dominar essa nova mina de ouro. É isso que explica a fusão entre a Tesla e a Solar City, empresa de energia solar de Elon Musk. Que já deu seus primeiros frutos: no site da Tesla há os modelos à venda e também uma aba chamada Energy (Energia). Que vende, entre outros produtos, o Tesla Solar Roof, que torna qualquer telhado um produtor de energia solar. Há telhas lisas, texturadas e até em estilo toscano e rústico. Que pode ser integrado às baterias Powerwall, também da Tesla. E que poderão ser fabricadas, no futuro, com baterias que não servem mais para os automóveis.

GFG Style Sybilla

Mas, afinal, onde entra o conceito de Giugiaro, o Sybilla? Simples: ele é compatível com o EnOS, o que, segundo a Envision, pode transformá-lo em uma usina de energia limpa. Com uma bateria de 75 kWh, nem de longe a maior hoje disponível no mercado, o Sybilla seria capaz de sustentar uma casa europeia típica por até uma semana. Se for preciso, já que o EnOS já é uma rede de 100 GW em todo o mundo.

GFG Style Sybilla

O Sybilla, que também é o nome das profetizas romanas, capazes de prever o futuro, tem mais de 5 m de comprimento, 1,48 m de altura e 4 portas inusitadas. A parte envidraçada delas é separada da carroceria propriamente dita. Na dianteira, como já mencionamos, um canopi vai para a frente. Na traseira, asas de gaivota elevam a parte envidraçada. Em baixo, portas convencionais dão acesso ao interior. Com dois motores elétricos por eixo e uma câmera de 180° para substituir os retrovisores, o Sybilla tem 4 bancos individuais, mas poderia ter até 6, já que tem assoalho plano. Saberemos mais detalhes técnicos do modelo com sua apresentação no Salão de Genebra, mas o importante é que ele vai muito além da proposta excêntrica de estilo ou de ser mais um mero elétrico. O Sybilla realmente adianta o futuro. Dos automóveis e da própria sociedade.

Compartilhar
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Saiba agora quanto vale seu carro novo ou usado

Hatchback
Sedã
Picape
SUV/Crossover
SW/Perua
Van/Minivan
Cupê
Conversível
Luxo
Hibrido/Elétrico
PUBLICIDADE

Encontre o Preço do Seu Carro