PUBLICIDADE
HomeNotíciasDicas
Compartilhar

Guia de compra KBB: 10 SUVs por até R$ 70 mil

Lista engloba desde um modelo a diesel até mesmo um turbo manual para garantir o prazer ao dirigir

Os SUVs são os queridinhos do momento. Por esse motivo, você já viu algumas vezes carros desse tipo no nosso Guia de compra Kelley Blue Book. Já tivemos Chevrolet Tracker, Jeep Renegade, Honda HR-V, Renault Duster e outros. Seguindo os passos do último Guia, não traremos um modelo específico. 

Desta vez, reunimos 10 SUVs compactos que ja podem ser comprados por menos de R$ 70 mil. Escolhemos esse valor pois é o mais baixo das versões de entradas atuais e geralmente destinadas ao público PcD. Curiosamente, dá até para levar um recém-lançado se algum proprietário se arrependeu ou aquela unidade que estava como teste drive na concessionária. 

Confira:

Jeep Renegade - Sport 2.0 2017

O Renegade chegou causando no mercado. Elogiado pela qualidade de construção, incluindo acabamento, e acerto de suspensão. No entanto, sempre foi criticado pela ausência de espaço e pelo desempenho das versões flex. O primeiro não tem como resolver, o Jeep, de fato, não tem muito espaço. No entanto, ele também é único compacto a ofertar versões diesel. Foi neste ano que o motor 1.8 recebeu melhorias, que ajudaram, mas não resolveram a falta de desempenho. 

Neste cenário, é possível encontrar unidades Sport, de entrada, com o motor mais potente e econômico. Se você preferir ter mais itens de serie, é possível adquirir o Limited 1.8, versão mais completa com esse tipo de motor.  O motor 1.8 rende 139 cv e pode ser conectado ao câmbio automático de seis marchas, enquanto o 2.0 turbodiesel tem 170 cv e usa transmissão de nove marchas. 

Confira o preço de outras versões e anos do Jeep Renegade

Entre os equipamentos, destaque para a central multimídia de cinco polegadas com Android Auto e Apple CarPlay, câmera de ré e GPS, no caso da Sport diesel. Já a Limited tem faróis de xenônio, chave presencial, ar-condicionado automático de duas zonas, painel de instrumentos digital, rodas de 18 polegadas e sensores de chuva e crepuscular. Ambos possuem controles de tração e estabilidade, retrovisores e vidros elétricos, direção elétrica, assistente de partida em rampa e e Isofix. 

Honda HR-V - EX 2017

Para resolver a questão de espaço, o Honda HR-V é uma boa pedida. No entanto, por até R$ 70 mil, você só deverá encontrar as versões mais básicas ou intermediaria. O acabamento é inferior e relação ao rival, mas segue sendo condizente com o preço. O desempenho pode não ser empolgante, mas é de longe melhor que o Renegade Flex. 

Por se tratar do mercado de usados, possivelmente você encontrará donos que preferiram trocar a multimídia e, de fato, é algo a se pensar quando se trata do Honda. O motor 1.8 do SUV rende 140 cv e está conectado a uma transmissão automática do tipo CVT. 

Veja os preços de outras configurações do HR-V

Ambos já contavam com rodas de liga leve, volante com comandos do som, controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa e e Isofix. A EX adiciona ar-condicionado digital, tela de 5 polegadas no sistema de som (sem Android Auto e Apple CarPlay), retrovisores e vidros elétricos, direção elétrica piloto automático, câmera de ré e padlle shifts. 

Hyundai Creta - Pulse 2017

Até este ponto, o Creta talvez seja o mais equilibrado. O motor 1.6 não rende tanto desempenho quanto o 1.8 da Honda, mas também é mais econômico. E ainda assim esta na frente do 1.8 da Jeep. O acabamento é um tanto quanto simples, mas bem montando. Enquanto o espaço também é um bom destaque. 

Nessa faixa de preço, será possível encontrar unidades da versão intermediaria Pulse. O motor 1.6 rende 130 cv e está conectado ao câmbio automático de seis marchas. 

Confira preços de outros anos do Hyundai Creta

O Creta é equipado com rodas de 17 polegadas diamantadas, piloto automático, controles de tração e estabilidade, sensor de estacionamento, assistente de partida em rampas, ar-condicionado, sistema start&stop, retrovisores e vidros elétricos, direção elétrica e sistema de som. 

Nissan Kicks - SV Limited 2017

Se você procurar unir espaço e economia de combustível, a escolha é o Nissan Kicks. O SUV oferece espaço similar ao do HR-V, mas é consideravelmente econômico. No entanto, tenha em mente que o desempenho é no máximo razoável e só acima do Renegade 1.8. 

O motor 1.6 está presente em todas as versões com 116 cv e conectado ao câmbio automático do tipo CVT. Com nosso orçamento é possível comprar unidades da SV Limited.

Quer um Kicks mais novo? Confira em nossa ferramenta de preços

Entre os itens há ar-condicionado digital, botão de partida (há chave presencial I-Key), controles dinâmicos de freio motor e em curvas, faróis dianteiros com assinatura em LED, painel multifuncional, rodas de liga leve de 17 polegadas, bem como controles de tração e estabilidade, entre outros itens.

Chevrolet Tracker - LT 2017

No entanto, se você quer associar a economia de combustível com  desempenho, o Tracker com motor turbo é uma boa pedida. No entanto, faltará espaço e o acabamento não é dos melhores. Cuidado também com valores de seguro e cesta de peças. 

No caso do Chevrolet, o motor foi herdado do Cruze, portanto, estamos falando de um 1.4 turbo com 153 cv e câmbio automático de seis marchas. 

Confira outras configurações e preços em nosso site

Entre os itens, o Tracker possui rodas de 16 polegadas, central multimídia MyLink com Android Auto e Apple. CarPlay, OnStar, retrovisores, vidros, travas e direção elétrica, piloto automático, sistema start&stop e coluna de direção com ajustes de altura e profundidade. 

Ford EcoSport - Titanium 2018

A linha 2018 é a ideal para procurar no mercado de usados quando falamos de EcoSport. Foi nesse ano que o veterano ganhou usa atual reestilização, além de novos motores, o fim do powershift e a inclusão de sete airbags em todas as versões. Neste caso, você terá de abrir mão do espaço, mas no caso do 2.0 terá o mais potente desse segmento. 

O 2.0, que hoje só está presente na versão Storm, tem 176 cv e injeção direta de combustível. Se preferir, pode escolher unidades 2019 do FreeStyle AT com 137 cv, que é consideravelmente mais econômico. Em ambos os casos o câmbio é automático de seis marchas com conversor de torque. 

Consulte o preço de outras versões do EcoSport

Entre os itens, o Ecosport conta com rodas de liga-leve de 17 polegadas, sistema de monitoramento de ponto cego e alerta de tráfego cruzado, bancos revestidos em couro, sistema de partida sem chave, sensores de chuva e luminosidade, retrovisor eletrocrômico, faróis de xenon e teto solar elétrico. Além de. SYNC 3 com Android Auto e Apple CarPay, ar-condicionado automático, controles de tração e estabilidade, sistema anticapotamento, sensor de pressão dos pneus, sensor de estacionamento, câmera de ré, direção, vidros, travas e retrovisores elétricos. 

Peugeot 2008 - Griffe THP 2019

Aqui a sugestão é para quem quer ótimo desempenho e bom nível de consumo de combustível, sem abrir mão do prazer de dirigir um carro turbo com câmbio manual. Este é o caso do 2008 com motor THP. O espaço é razoável, ainda que ele não seja dos maiores na categoria. Se preferir, poderá adquirir um 2020, já reestilizado, mas sem o motor turbo. 

O 1.6 THP rende 172 cv e antes da linha 2020 só podia ser encontrado com câmbio manual de seis marchas, por isso encontra-se unidades baratas nos anos anteriores. Atualmente ele só é vendido com câmbio automático, assim como a segunda sugestão o Griffe com motor 1.6 aspirado de 122 cv. 

Consulte outras unidades do 2008

Em termos de itens, a lista dos dois é parecida, exceto pela ausência de controles de tração e estabilidade para o aspirado. Ambos possuem ar-condicionado digital com duas zonas de ajuste, direção elétrica, volante revestido de couro, rodas de liga aro 16, airbags laterais e do tipo cortina, controles de estabilidade e de tração, teto de vidro panorâmico, sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, acendimento automático dos faróis e dos limpadores, e sistema multimídia de sete polegadas com GPS, Android Auto e Apple CarPlay. 

Citroën C4 Cactus - Feel 2019

O C4 Cactus é ótimo para quem procura um carro com características de SUV, mas com porte menor, ideal para rodar em grandes cidades e estacionar nas vagas cada vez menores. Lançado em 2019, o modelo pode ser encontrado por menos de R$ 70 mil na versão Feel com motor 1.6 aspirado. 

Curiosamente, esse motor rende um pouco menos quando está conectado ao câmbio automático. Ao invés dos 122 cv presentes nos 2008 ou na versão manual, ele conta com 118 cv. O desempenho é razoável e o consumo de combustível não é dos piores da categoria, mas também não é um destaque. 

Confira o preço de compra direto com proprietário e valor de trorca do C4 Cactus

Entre os itens, destaque para luzes diurnas de LED, retrovisores, vidros, travas e direção elétrica, ar-condicionado, volante com ajustes de altura e profundidade, controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampas, sensor de pressão dos pneus, limitador de velocidade, piloto automático, faróis de neblina com função curva e rodas de liga leve de 17 polegadas. 

Caoa Chery Tiggo 5X - T 2019

A Caoa causou certo barulho ao assumir a operação da Chevy. Logo de cara apostou em SUVs, o que vem se mostrando uma estratégia certa, já que o segmento não para de crescer, bem como as vendas da marca. O Tiggo 5X oferecer bom desempenho, mas consumo de combustível equiparável aos piores de categoria. O espaço é razoável. 

O motor é o 1.5 turbo de 150 cv ligado a um câmbio automatizado de dupla embreagem e seis marchas. O fornecedor é o mesmo do Powershift, mas até o momento não há relatos de problemas. 

Confira o valor da versão topo de linha do Tiggo 5x

A lista de equipamentos tem faróis com acendimento automático e luzes diurnas de LED, rodas de liga leve de 17 polegadas, chave presencial com botão de partida no painel, central multimídia com tela de 9″, ar-condicionado automático com saída para o banco traseiro, freio de estacionamento elétrico com função Auto Hold, controles de estabilidade e tração, assistente de partida em rampa, airbags frontais, Isofix, sensor de estacionamento traseiro e câmera de ré.

Renault Duster - Zen 2020

O Renault mudou há poucos meses, mas se você encontrar um dono arrependido ou alguém precisando de um dinheiro nesse momento, já dá para comprar um Duster Zen CVT. Espaço não vai faltar, mas desempenho e consumo de combustível são pontos fracos. 

O motor é o 1.6 SCe com 120 cv e conectado ao câmbio automático do tipo CVT. Essa é a única motorização disponível para o Duster. 

Confira outras versões e anos do Renault Duster

Entre os itens há controles eletrônicos de estabilidade e tração, assistente à partida em rampas, dois pontos de fixação Isofix no banco traseiro, ar-condicionado, direção com assistência elétrica, trio elétrico, start/stop do motor, banco do motorista com regulagem de altura, travamento elétrico das portas automático com o carro em movimento, chave tipo canivete com telecomando das portas, faróis com assinatura de LED, banco traseiro rebatível e bipartido, som com Bluetooth e quatro alto-falantes, tomada 12V traseira e rodas de aço aro 16”.

Compartilhar
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Saiba agora quanto vale seu carro novo ou usado

Hatchback
Sedã
Picape
SUV/Crossover
SW/Perua
Van/Minivan
Cupê
Conversível
Luxo
Hibrido/Elétrico
PUBLICIDADE

Encontre o Preço do Seu Carro