PUBLICIDADE
HomeNotíciasDicas
Compartilhar

Guia de compra KBB: 5 sedãs médios por até R$ 60 mil

Modelos são alternativas aos SUVs compactos e oferecem mais espaço e melhor dirigibilidade

Apesar dos SUVs estarem em alta, muita gente ainda torce o nariz para esse tipo de carro. Mesmo aqueles que precisam de espaço. Pensando nisso trouxemos uma lista com sedãs médios. Já tivemos Chevrolet TrackerJeep RenegadeHonda HR-VRenault Duster e outros em nosso Guia de compra Kelley Blue Book. Seguindo os passos do último Guia, não traremos um modelo específico. 

Desta vez, preferimos escolher cinco sedãs médios que podem ser comprados por R$ 60 mil, ou seja, mais barato que qualquer SUV compacto 0km e oferecendo mais espaço e, na mairoria das vezes, melhor dirigibilidade. 

Confira:

Nissan Sentra S - 2018

A Nissan é a menos valorizada entre as marcas japonesas, mas costuma entregar muito do que as demais marcas também entregam: conforto e confiabilidade. A mecânica até certo ponto simples também favorece na manutenção, no caso do Sentra, o motor é o conhecido 2.0 de 140 cv com o consagrado câmbio XTronic CVT.

O porta-malas tem capacidade para 503 litros e o espaço interno está distribuído em 4,63 metros de comprimento, 1,76 m de largura, 1,50 m de altura e 2,70 m de entre-eixos.

A versão S é a básica do Sentra e conta com rodas de liga leve de 16 polegadas, volante multifuncional, chave presencial, botão de partida, direção elétrica e ar-condicionado. O sedã também tem também controles de estabilidade e tração, retrovisor fotocrômico, rádio com tela de cinco polegadas sensível ao toque, sensor de estacionamento traseiro e faróis com acendimento automático. Caso queira mais itens terá que escolher em pagar mais ou comprar modelos anteriores. Confira a lista de preços do Sentra em nossa ferramenta. 

Renault Fluence Dynamique Plus - 2018

O Renault Fluence, apesar de ser teoricamente francês, é praticamente um japonês. A mecânica é a mesma do Sentra, o motor 2.0 com câmbio CVT. No entanto, como o projeto foi abandonado bem antes, o acerto da transmissão no sedã da Nissan é melhor, mas nada que incomode no Renault. 

A grande vantagem está na lista de itens. O Fluence Dynamique Plus tinha airbags frontais, laterais e de cortina, ar bizona, computador de bordo, sensor de chuva, acendimento automático dos faróis e faróis de neblina. Além de bancos em couro e central multimídia. 

O Fluence também oferece bom espaço, são 4,62 metros de comprimento, 1,81 m de largura, 1,47 m de altura e entre-eixos de 2,70 m. O porta-malas comporta 530 litros de bagagens. A grande vantagem do Renault é que entre os sedãs da lista, ele pode ser encontrado nessa mesma geração, mas em anos anteriores, com preços a partir de R$ 30 mil. 

Volkswagen Jetta Trendline - 2016

O Jetta sempre teve seus fãs cativos que não queriam comprar um sedã japonês, mas passou a fazer sucesso mesmo quando adotou os motores TSI. Primeiro chegaram os 2.0 turbo com 200 cv, depois foi a vez dos 1.4 TSI com 150 cv ainda sem tecnologia flex. O desempenho é mais do que satisfatório e ainda há vantagem de ser um dos mais econômicos da categoria. 

Entre os itens, o Jetta 2016 conta com direção com assistência elétrica, ar-condicionado, rodas de liga leve de 16 polegadas, sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, central multimídia com Android Auto e Apple CarPlay e alarme com comando remoto. Há ainda os controles de estabilidade e tração e quatro airbags.

Em termos de espaço, o Jetta tem 4,65 metros de comprimento, mas o entre-eixos é um pouco menor que os rivais: 2,65 m. A largura é de 1,77 m, enquanto a altura é de 1,47 m. O porta-malas tem 510 litros de capacidade. Confira outras ofertas de Jetta na KBB. 

Toyota Corolla GLi - 2016

O mais tradicional e vendido sedã médio do Brasil, pode ser comprado por R$ 60 mil na versão básica de 2016. O motor é o 1.8 flex de 144 cv com câmbio automático do tipo CVT que simula sete marchas. Conforto e confiabilidade são sem dúvidas as grande qualidades, mas fica devendo em itens de conforto e segurança. 

A lista de série tem direção com assistência elétrica, coluna de direção com regulagem de altura e profundidade, descansa braço dianteiro, sistema de som com Bluetooth e volante revestido em couro com comandos multifuncionais. Em termos de segurança tem cinco airbags e ABS, mas fica devendo controles de tração e estabilidade. 

Assim como Fluence e Sentra, o Corolla tem 2,70 metros de entre-eixos, mas perde em porta-malas, são 470 litros. O Toyota tem 4,62 m de comprimento, além de 1,77 m de largura e 1,47 m de altura. Confira outros anos e configurações em nossa ferramenta de preços. 

Honda Civic LXS - 2016

O Civic sempre foi o escolhido de quem quer uma dirigibilidade mais acentuada. Isso também está presente na nona geração do Honda. No entanto, ele deve em espaço com relação aos demais, mas ainda está acima de SUVs compactos, por exemplo. O sedã se destaca especialmente pelo aspecto tecnológico. O motor é o 1.8 de 140 cv conectado a um câmbio automático de cinco marchas. 

São itens de série ar-condicionado digital, sistema multimídia com monitor colorido de cinco polegadas, câmera de ré, computador de bordo, tocador de CD, entrada auxiliar, entrada USB, conexão Bluetooth, direção elétrica, freios a disco nas quatro rodas e rodas de liga-leve de 16 polegadas.

O Civic tem 4,52 metros de comprimento, 1,75 m de largura, 1,45 m de altura e 2,66 m de entre-eixos. O porta-malas comporta 449 litros de bagagens. Confira outros anos e versões do Civic.

Compartilhar
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Saiba agora quanto vale seu carro novo ou usado

Hatchback
Sedã
Picape
SUV/Crossover
SW/Perua
Van/Minivan
Cupê
Conversível
Luxo
Hibrido/Elétrico
PUBLICIDADE

Encontre o Preço do Seu Carro