PUBLICIDADE
HomeNotíciasNovidades
Compartilhar

Honda registra Brio, seu hatchback compacto, no Brasil

Patentes no INPI foram reveladas pelos amigos do Motor1.com e confirmam o que dissemos na apresentação do carro na Indonésia: ele cairia muito bem por aqui...

Que a Honda precisa ter um modelo de entrada todo mundo já sabe. Sua participação de mercado só poderá aumentar quando ela tiver um hatchback compacto. Foi o que reafirmamos em agosto do ano passado. Na ocasião, a marca japonesa apresentou na Indonésia a segunda geração do Brio, precisamente um hatchback compacto. Se o primeiro era pequeno demais para nosso mercado, e desenvolver um novo, do tamanho certo, não compensaria, o de segunda geração poderia tranquilamente ser vendido aqui. Tem entre-eixos de subcompacto, mas comprimento de compacto. Quem já o avaliou diz que ele tem boa oferta de espaço para seu segmento. Ainda que não sirva de confirmação, um registro em patente é sempre um indício a mais de que o modelo é interessante para o mercado. E o do Brio acabou de sair no INPI, como revelaram nossos amigos do Motor1.com.

O Amaze, sedã do Brio, já havia aparecido no INPI em junho, antes mesmo da apresentação mundial do Brio. Se o registro fosse apenas uma medida preventiva, para que ninguém copiasse o desenho dos veículos por aqui, poderia ter sido feito depois. Como se costuma dizer, onde há fumaça, há fogo. Especialmente depois de o presidente da Honda na Índia até março de 2018, Yoichiro Ueno, dizer que o novo Brio seria um modelo global, desenvolvido para mercados além dos do leste asiático. Se há um mercado em que a empresa tem oportunidade de se expandir é na América Latina. Em outras palavras, o Brio poderia servir não apenas ao mercado brasileiro, mas ser exportado daqui para diversos outro países. Ou vir do México para cá, por exemplo, sem pagar imposto de importação.

Honda Brio de segunda geração

Além do ótimo nome para o mercado brasileiro (mesmo quem não tem auto-estima boa poderia ter Brio...), o modelo tem as seguintes medidas: 3,82 m de comprimento, 1,68 m de largura, 1,49 m de altura e 2,41 m de entre-eixos. Menor do que o esperado, mas talvez suficiente. Seu motor 1.2 de 90 cv deverá ser substituído por aqui pelo 1.0 naturalmente aspirado da família Earth Dreams, que deverá aparecer no Brasil com a próxima geração do Fit em sua versão turbinada.

Compartilhar
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Saiba agora quanto vale seu carro novo ou usado

  • Hatchback

  • Sedã

  • SUV/Crossover

  • Picape

  • SW/Perua

  • Van/Minivan

  • Cupê

  • Conversível

  • Hibrido/Elétrico

  • Luxo

PUBLICIDADE