PUBLICIDADE
HomeNotíciasMercado
Compartilhar

Jeep, Fiat e Volkswagen lideram aumentos de preços em agosto

Variação média de preço do mês entre os veículos 0 km não passou de 1%

Apesar de estarem em um patamar alto, os preços dos automóveis 0 km efetivamente praticados pelas concessionárias passaram por variações pequenas em agosto. Segundo o Monitor de Variação de Preços da KBB Brasil, empresa especializada em pesquisa de preços de veículos novos e usados, a variação média entre os carros novos foi de 0,23%, ou seja, estão praticamente estagnados. Entre as marcas que puxaram para cima a alta nos preços no mês, as três que obtiveram os maiores reajustes foram Jeep, Fiat e Volkswagen.

Ao colocar uma lupa sobre o segmento de 0 km, o levantamento destaca que os carros com ano modelo 2022 tiveram acréscimo médio de 0,94%, enquanto os 2021 ficaram na média de 0,23%.

Variação média de preços de veículos 0 km em agosto de 2021

Ano modelo

Variação julho 2021

Variação agosto 2021

Média 2020

Média

0,35%

0,23%

0,48%

2022

1,78%

0,94%

-

2021

0,13%

0,23%

0,43%

No caso das marcas, a Jeep foi a que mais sofreu com aumentos em agosto, com reajuste de 1,24% no mês, seguida praticamente por um empate técnico com a Fiat, com 1,23% de variação média. A Volkswagen surge completando a trinca dos maiores acréscimos no período, com 0,90%.

Marcas com as maiores variações médias de preço 0 km em agosto de 2021

Marca

Variação

Jeep

1,24%

Fiat

1,23%

Volkswagen

0,90%

Renault

0,78%

Kia

0,52%

Em relação ao comportamento dos preços de veículos seminovos, com até 3 anos de uso, a variação média desta categoria ficou em 0,92% para agosto. O ano modelo mais responsável por puxar os aumentos foi o 2018, cuja variação foi de 1,32%.

Variação média de preços de veículos seminovos (até 3 anos de uso) em agosto de 2021

Ano modelo

Variação julho 2021

Variação agosto 2021

Média 2020

Média

-0,52%

0,92%

0,38%

2021

-0,71%

0,97%

0,62%

2020

-0,66%

0,47%

0,71%

2019

-0,77%

0,94%

0,21%

2018

0,04%

1,32%

0,14%

Já entre os carros usados, entre 4 e 10 anos de uso, houve a maior média de aumento de preços para o período: 1,46%. Os destaques desta categoria ficam por conta dos carros com ano modelo 2011 e 2012 que tiveram reajustes de 3,15% e 2,73%, respectivamente.

Variação média de preços de veículos usados (de 4 a 10 anos de uso) em agosto de 2021

Ano modelo

Variação julho 2021

Variação agosto 2021

Média 2020

Média

0,81%

1,46%

0,16%

2017

0,81%

0,71%

0,05%

2016

0,47%

0,94%

0,14%

2015

0,54%

1,06%

0,13%

2014

1,98%

1,07%

0,02%

2013

0,99%

1,88%

0,21%

2012

0,69%

2,73%

0,32%

2011

-0,07%

3,15%

0,23%

O MVP de agosto da KBB Brasil analisou uma amostragem de 26.148 versões de veículos novos e usados à venda no mercado.

A KBB Brasil utiliza tecnologias de análise de dados e Big Data para produzir os levantamentos de precificação de veículos novos e usados. O processamento é realizado por um complexo algoritmo alimentado semanalmente por uma base com mais de 800 mil informações de preços de diferentes fontes do mercado. Além disso, todos os dados são avaliados diariamente por uma análise rígida de uma equipe de especialistas para garantir a validação dos preços publicados no site de acordo com a realidade brasileira. A empresa atua com o propósito de conscientizar os consumidores na compra e venda de carros a partir da determinação de preços justos. Todos os preços da KBB Brasil são públicos e podem ser consultados gratuitamente no site kbb.com.br.

Compartilhar
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Saiba agora quanto vale seu carro novo ou usado

Hatchback
Sedã
Picape
SUV/Crossover
SW/Perua
Van/Minivan
Cupê
Conversível
Luxo
Hibrido/Elétrico
PUBLICIDADE

Encontre o Preço do Seu Carro