PUBLICIDADE
HomeNotíciasNovidades
Compartilhar

Novo Lada Niva? Conceito 4x4 Vision dá show no Salão de Moscou

Conceito tem 4,2 m de comprimento, rodas de aro 21 e portas suicidas na traseira, sem coluna B!

O Lada Niva fez um sucesso muito respeitável no Brasil no início dos anos 1990. Não porque fosse um primor de veículo. Ou porque apelasse à nostalgia de quem era apaixonado pelo Fiat 147, modelo do qual ele era parente próximo. Ele vendeu muito porque custava pouco e por sua proposta fora de estrada. Era o carro barato para enfiar na lama com que muito jipeiro sonhava quando tinha de peneirar peças para seu Jeep CJ ou para seu Toyota Bandeirantes. Pois a Lada parece finalmente pronta a aposentar o valente utilitário. Depois de 41 anos de produção (ele foi apresentado em abril de 1977), o jipinho finalmente ganhará uma nova geração, antecipada pelo conceito 4x4 Vision, apresentado no Salão de Moscou. Que traz rodas de aro 21, ausência de coluna B e até portas suicidas na traseira! Vale lembrar que 4x4 é o novo nome do Niva em seu mercado natal.

 

A empresa apresentou apenas o conceito, que aparenta ser funcional, mas não deu muitos detalhes além do que os que os conceitos normalmente apresentam. Aquele papo de proporções atléticas, estilo rústico e blá blá blá. Como a Volvo, a Lada quer adotar dois bumerangues invertidos em seus conjuntos ópticos para distinguir de cara os produtos da marca. No interior, duas telas digitais flutuantes, uma para o painel de instrumentos, outra para a central multimídia, dão o tom de modernidade que a empresa quer que o novo Niva apresente. Seria interessante vê-las chegar ao modelo de produção, mas é pouco provável. Assim como as portas suicidas, a ausência de coluna B e outras firulas típicas de conceitos.

Apesar de não entrar em mais detalhes técnicos, a Lada informa que o 4x4 Vision tem marcha reduzida, mas o câmbio, como se vê nas fotos, é automático. Um seletor giratório atrás da alavanca permite a seleção do recurso 4x4 mais adequado. Em tempos de carros elétricos, uma saída 220V na lateral direita do veículo, do lado oposto do bocal do tanque, permite que o Niva alimente equipamentos enquanto estiver ligado. Ou forneça energia para um acampamento, por exemplo.

Quadradão e agradável aos olhos, o novo SUV, quando ganhar sua versão de produção, talvez devolva à Lada a projeção internacional que ela um dia já teve. Sob o comando da Renault, ele corre o risco até de voltar a ser fabricado no Brasil, segundo a turma da Gazeta do Povo. E, se vier, será com a nova geração. Será que ela usa a mesma plataforma do Duster, a B0? Nós apostaríamos nisso, por uma questão de custos e de robustez. E você, o que achou do novo Niva? Comente a respeito em nossa página no Facebook.

Compartilhar
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Saiba agora quanto vale seu carro novo ou usado

Picape
SUV/Crossover
Sedã
Hatchback
SW/Perua
Van/Minivan
Cupê
Conversível
Luxo
Hibrido/Elétrico
PUBLICIDADE

Encontre o Preço do Seu Carro