PUBLICIDADE
HomeNotíciasNovidades
Compartilhar

Maio Amarelo - Um mês inteiro para pensar em segurança no trânsito

Perto do fim, década de redução de acidentes de trânsito surtiu pouco efeito nos prejuízos causados ao país

Quando muita gente morre por uma mesma causa, ela entra no radar dos serviços de saúde. Se ganha proporções muito altas, é tratada como epidemia. Traçado o paralelo, é incrível que os acidentes de trânsito no Brasil nunca tenham tido um tratamento preventivo à altura dos males que causam. São cerca de 40 mil vidas perdidas por ano, o que, por si só, já deveria ser uma tragédia, especialmente para as famílias que perdem seus entes queridos, mas ganha ares de catástrofe quando se contabiliza também feridos e os prejuízos de todo tipo causados por essa verdadeira doença: a falta de segurança no trânsito brasileiro. É por isso que o Observatório Nacional de Segurança Viária, o ONSV, com o apoio de entidades e empresas, como a Anfavea e a Honda, realiza em maio de cada ano o Maio Amarelo. Um mês inteiro para discutir e conscientizar sobre o problema.

Além das campanhas pela redução de acidentes e por uma direção mais responsável por parte dos brasileiros, o também usa um laço amarelo para conscientizar as pessoas sobre o tamanho do problema. Como o laço rosa alerta sobre o câncer de mama, o vermelho sobre a Aids e assim por diante. Mais do que tudo, para que o motorista brasileiro promova a única ação possível contra o problema: a "vacina" da conscientização.

Aqui na KBB a gente tem feito nossa parte alertando constantemente sobre a necessidade de comprar carros seguros. E também sobre por que apontar o motorista como o maior responsável pelos acidentes é fácil no Brasil, um país onde as pessoas carregam crianças e animais soltos no carro, não usam cinto de segurança, bebem e dirigem, fazem ultrapassagens proibidas e toda sorte de barbaridade ao volante. Dirigir de modo responsável já faria com que os acidentes caíssem drasticamente no país, como o vídeo abaixo mostra bem.

Neste Maio Amarelo que se inicia, lembre-se de que, se nada for feito, mais de 2 milhões de pessoas morrerão apenas em 2020. Eventualmente pessoas com quem você se importa e que quer ter a seu lado por muitas e muitas décadas. Ajude o Brasil a se curar dessa doença tão triste. E tão fácil de evitar.

 

Compartilhar
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Saiba agora quanto vale seu carro novo ou usado

Picape
SUV/Crossover
Sedã
Hatchback
SW/Perua
Van/Minivan
Cupê
Conversível
Luxo
Hibrido/Elétrico
PUBLICIDADE

Encontre o Preço do Seu Carro