PUBLICIDADE
HomeNotíciasMercado
Compartilhar

Manter um carro no Brasil ficou mais caro em maio

Combustível continua sendo a maior despesa, segundo levantamento da agência Autoinforme

A manutenção de um carro ficou ainda mais cara para o brasileiro em maio. De acordo com o estudo Inflação do Carro, da Autoinforme, o custo médio mensal para manter um automóvel no Brasil foi de R$ 2.065 – alta de 0,91% em comparação com abril.

>> Manter um carro no Brasil custa mais de R$ 2 mil por mês

Os gastos com combustível continuam sendo os grandes vilões do consumidor. O abastecimento do veículo foi responsável por 39,43% das despesas de maio, com valor médio de R$ 814,20, apesar da redução de 1,38% em relação ao mês anterior.

Na segunda colocação da balança de gastos, o seguro representou 17,12% do orçamento após registrar um aumento de 1,91% ante o levantamento de abril.

Serviços de manutenção, como alinhamento e revisões periódicas, lavagens e estacionamento, totalizaram R$ 327,31, ou 15,8% dos gastos mensais.

O estudo Inflação do Carro considera somente os gastos com o uso do carro, sem contabilizar o preço de compra do veículo. Para fazer o cálculo, a Autoinforme utilizou como base o perfil de um motorista que roda, em média, mil quilômetros por mês com um hatchback compacto nas tarefas diárias e em viagens aos finais de semana.

A utilização de peças de reposição originais e os serviços de manutenção levam em consideração o intervalo recomendado pelas montadoras. A cotação de seguro, por sua vez, é baseada em uma apólice com cobertura para furto e roubo do veículo.

Veja abaixo os valores do estudo Inflação do Carro em maio de 2022:

Compartilhar
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Saiba agora quanto vale seu carro novo ou usado

Hatchback
Sedã
Picape
SUV/Crossover
SW/Perua
Van/Minivan
Cupê
Conversível
Luxo
Hibrido/Elétrico
PUBLICIDADE

Encontre o Preço do Seu Carro