PUBLICIDADE
HomeNotíciasNovidades
Compartilhar

Mitsubishi apresenta nova geração do Outlander

SUV agora usará base e motor da Nissan e sempre terá espaço para sete passageiros

Atualmente, o mundo corporativo se cerca de grandes parcerias ou fusões. Esse movimento foi visto com a fusão entre FCA e PSA, criando a quarta maior fabricante de carro do planeta. No entanto, há outras oportunidades a serem exploradas e foi o que a Mitsubishi fez para apresentar a nova geração do Outlander.

A marca fez a revelação em uma página especial da Amazon, a gigante do comércio eletrônico. Um dos motivos é que o SUV é compatível com a assistente virtual Alexa. Além disso, os primeiros compradores receberão uma assinatura de seis meses do serviço de música da empresa, bem como três meses de assinatura premium da Audible, uma plataforma de audiobooks.

O Outlander é um dos modelos mais importantes da história da Mitsubishi. Ele foi o primeiro SUV crossover da marca, lançado há quase 20 anos. Desde 2012 ele não recebia atualizações importantes, agora ganhou uma geração completamente nova.

O visual, como esperado, segue a identidade da marca batizado de “dynamic shield”. Os faróis são divididos em conjuntos de dois andares, enquanto a grade foi desenhada com pequenas tomadas de ar na porção que abriga o logo da marca e entradas maiores na parte inferior. Na traseira, lanternas finas e longas, além de uma depressão na tampa do porta-malas que, segundos os designers, foi feita para lembrar os estepes que ficavam pendurados.

O interior chama bastante atenção. Há um nítido ganho de materiais e qualidade do acabamento. O visual é mais clean, com destaque para a central multimídia que pode ser oito ou nove polegadas e o painel de instrumentos digital. A forração das portas é outro item que chama atenção, bem como a opção de acabamento laranja.

Finalmente um produto Aliança

A Mitsubishi finalmente começa a se beneficiar de fazer parte da Aliança Renault-Nissan. O Outlander agora usa a mesma plataforma do Nissan X-Trail. É do irmão japonês que vem o motor também, um 2.5 aspirado com quatro cilindros em linha, 184 cv e 24,9 kgfm de torque. A transmissão é automática do tipo CVT com tração dianteira ou integral.

Outra novidade é que todas as versões possuem sete lugares, além de mais espaço, já que o entre-eixos cresce para 2,7 metros, ou seja, 3,5 centímetros a mais que a geração anterior. Os bancos podem ser divididos em 50/50 na terceira fileira, enquanto a segunda rebate em 40/20/40.

Outro benefício está no pacote tecnológico, herdado da Nissan, mas batizado de MI Pilot Assist, integrando itens controle de cruzeiro adaptativo, assistente de permanência em faixa, assistente de congestionamento, reconhecimento de placas de trânsito, farol alto automático, alerta de colisão frontal, frenagem automática de emergência, sensor de ponto cego, entre outros.

A Mitsubishi do Brasil entrou em contato com a reportagem da KBB para comunicar que o motor utilizado na nova geração do Outlander não é de origem Nissan. Conforme informado, o fornecimento da plataforma pela fabricante japonesa não foi confirmado. Não há previsão de chegada ao mercado brasileiro. 

Compartilhar

Notícias Recentes

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Saiba agora quanto vale seu carro novo ou usado

Hatchback
Sedã
Picape
SUV/Crossover
SW/Perua
Van/Minivan
Cupê
Conversível
Luxo
Hibrido/Elétrico
PUBLICIDADE

Encontre o Preço do Seu Carro