PUBLICIDADE
HomeNotíciasNovidades
Compartilhar

Nissan confirma SUV elétrico Ariya para o Brasil

Modelo deve chegar somente em 2023, após vendas na Europa e EUA

Recentemente, a Nissan apresentou o SUV elétrico Ariya. Primeiro modelo desse tipo para a marca, que é uma das referências nesse mercado ao redor do mundo com o Leaf. Agora, a empresa confirma que o utilitário será vendido no Brasil. 

A informação foi revelada pelo site Motor1. Segundo a publicação, a Nissan não cravou uma data, mas disse que “o Ariya vai chegar ao País, mas, certamente, não será em 2022”.  A empresa também informou que ö mercado não é prioritário. Isso se deve ao baixo número de vendas de elétricos por aqui. 

Vale lembrar que o Ariya chegará primeiro ao Japão, na metade de 2021. Os Estados Unidos recebem o modelo até o fim do próximo ano, enquanto Europa e demais mercados no ano seguinte. Portanto, o Brasil, no mínimo, irá esperar até 2023. 

Detalhes do Ariya 

Em termos visuais, o SUV elétrico é bem parecido com seu conceito. Linhas modernas e fluídas marca o desenho. As entradas de ar são verticais e os faróis estreitos. As rodas podem ser de 19 ou 20 polegadas. O tamanho também chama atenção, são 4,64 metros de comprimento e 2,77 m de entre-eixos. 

Internamente, há duas telas para central multimídia e painel de instrumentos, ambas com 12,3 polegadas. Há poucos botões físicos e detalhes visuais inspirados no conceito. Os bancos com tecnologia “gravidade zero”, presentes no Kicks, também equipam o modelo. O porta-malas é capaz de levar até 467 litros. 

Entre os itens de série, destaque para o sistema de assistência ao motorista ProPilot 2.0 e o e-Pedal, que permite dirigir o carro usando apenas o acelerador. O Nissan Safety Sheila 360, que engloba tecnologias como frenagem de emergência automática com detecção de pedestres, frenagem automática traseira, alerta de saída da pista, alerta de ponto cego, alerta de tráfego traseiro e assistente de farol alto, também está presente. 

Há duas opções de propulsão: a primeira com apenas um motor elétrico dianteiro capaz de entregar o equivalente a 217 cv e 30,5 kgfm de torque. A segunda opção tem duas unidades elétricas, uma em cada eixo para gerar tração integral, totalizando 394 cv e 61,2 kgfm. Há ainda duas opções de baterias: 62 kWh ou 87 kWh. Isso faz a versão com tração dianteira rodar entre 450 km e 610 km, enquanto a integral pode alcançar 430 km ou 580 km.

Compartilhar
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Saiba agora quanto vale seu carro novo ou usado

Hatchback
Sedã
Picape
SUV/Crossover
SW/Perua
Van/Minivan
Cupê
Conversível
Luxo
Hibrido/Elétrico
PUBLICIDADE

Encontre o Preço do Seu Carro