PUBLICIDADE
HomeNotíciasNovidades
Compartilhar

Nova geração do Honda City chega ao Brasil a partir de R$ 108.300

Inédita carroceria hatch foi revelada, mas só chegará às lojas em março

Depois de diversos flagras, os novos Honda City foram apresentados oficialmente no Brasil. O plural é utilizado para indicar a principal novidade do modelo: a inédita carroceria hatch. Sendo assim, a partir de agora, o nome City indicará dois modelos na gama da fabricante japonesa.

Dessa maneira, como já era esperado, o Fit sairá de cena. Segundo o repórter André Paixão, da Revista Autoesporte, o WR-V também seguirá esse caminho por conta das emissões do antigo motor 1.5. Voltando ao City, a carroceria sedã terá a missão de substituir o antigo e ao mesmo tempo as versões de entrada do Civic, que passará a ser importado no próximo ano.

A Honda aproveitou a troca de geração para incluir um novo motor, mas nada de três cilindros e turbinado como os concorrentes. O City permanece com motor 1.5, mas que agora rende 126 cv e 15,5 kgfm de torque, portanto, 10 cv e 0,2 kgfm a mais que a geração anterior.

O câmbio é automático do tipo CVT com simulação de sete marchas, que ajuda a tornar o modelo econômico. Segundo o Inmetro, o New City sedã tem consumo na cidade de 9,2/13,1 km/l (etanol/gasolina) e, na estrada, de 10,5/15,2 km/l – respectivamente, o New City Hatchback registrou 9,1/13,3 e 10,5/14,8 km/l.

Preços e equipamentos

Honda City EX – R$ 108.300

Seis airbags, alarme, ar-condicionado digital, controles de estabilidade e tração, central multimídia com tela de 8”, conexão com apple car play e android auto sem fio, partida por botão, chave presencial, monitoramento da pressão dos pneus, rodas de liga leve de 16”, câmera de ré, paddle shifters, lanternas em led, faróis de neblina, assistente de partida em rampa, sensor crepuscular, DRL em led, comando no volante, piloto automático.

Honda City EXL – R$ 114.700

Acrescenta: bancos em couro sintético, quadro de instrumentos digital de 7”, sensor de estacionamento traseiro, lane watch (imagem exibida na tela central da câmera instalada no retrovisor esquerdo) e ar-condicionado digital e automático

Honda City Touring – R$ 123.100

Acrescenta: faróis full led, sensor de estacionamento dianteiro e Honda Sensing (piloto automático adaptativo, frenagem autônoma de emergência, assistente de permanência em faixa com correção da trajetória e farol alto automático e adaptativo).

Os preços do City Hatchback serão revelados apenas em janeiro. Os equipamentos seguem os mesmos das versões EXL e Touring, as únicas para essa carroceria.

Honda Sensing

Os novos City serão os primeiros modelos nacionais da marca a contarem com o pacote de segurança Honda Sensing. Presente na versão topo de linha, Touring, o sistema engloba os seguintes itens: frenagem autonôma de emergência, piloto automático adaptativo, alerta de permanência em faixa com correção da trajetória e ajuste automático dos faróis.

O Lane Watch, presente em Civic e HR-V, também estará no City a partir da versão EXL. Quando a seta para o lado direito é acionada, a central multimídia exibe imagens de uma câmera posicionada no retrovisor para reduzir os pontos cegos.

Espaço

O Honda City sedã cresceu quase 10 cm, chegando aos 4,55 metros de comprimento, mas também ficou 5 cm mais largo com 1,75 m no total. O entre-eixos permaneceu em 2,60 m, enquanto a altura foi reduzida em 0,8 cm. No entanto, um dos pontos fortes do sedã é o porta-malas, que tem 519 litros.

No entanto, no caso do hatch, esse será um ponto fraco. A versão menor tem 20 cm a menos que o sedã, mas preserva o entre-eixos de 2,60 m, mas reduz o porta-malas a 268 litros, o menor da categoria. Em compensação, o City herda do Fit o sistema Magic Seat, que permite modular os bancos para carregar objetos maiores e mais altos.

Compartilhar
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Saiba agora quanto vale seu carro novo ou usado

Hatchback
Sedã
Picape
SUV/Crossover
SW/Perua
Van/Minivan
Cupê
Conversível
Luxo
Hibrido/Elétrico
PUBLICIDADE

Encontre o Preço do Seu Carro