PUBLICIDADE
HomeNotíciasNovidades
Compartilhar

Novo Fiat Cronos chegará ao mercado com duas versões: Drive e Precision

Versão Drive terá opções de câmbio manual e automatizado, enquanto a Precision virá com manual e automático. Como o Argo

O lançamento do Fiat Cronos está marcado para o final de fevereiro, mas boa parte das informações sobre o novo sedã já estão disponíveis nas revistas especializadas. A Quatro Rodas já fez até comparativo dele com o VW Virtus. E foi o que bastou para que tivéssemos acesso a todas os dados técnicos do sedã do Argo a não ser o que promete ser o mais crucial para seu sucesso: o preço. Enquanto ele não chega, vale saber que o modelo terá duas versões: Drive e Precision. Como o Argo.

O Cronos tem 4,36 m de comprimento. É uma das únicas medidas em que ele se diferencia do hatchback do qual deriva. Nas outras, fora porta-malas (de 525 litros), eles são exatamente iguais: 1,72 m de largura, 1,51 m de altura e entre-eixos de 2,52 m. O peso da versão Precision ficou em 1.271 kg, muito quando comparado, por exemplo, ao VW Virtus, que pesa apenas 1.192 kg e é muito maior que o novo competidor da Fiat.

Fiat Cronos Drive

Em sua versão Drive, ele será vendido com o motor 1.3 FireFly, de 109 cv a 6.250 rpm e 14,2 kgfm a 3.500 rpm, com etanol, e 101 cv a 6.000 rpm e 13,7 kgfm também a 3.500 rpm. De série, ele vem com direção elétrica, vidros elétricos dianteiros, ar-condicionado, comandos de rádio e telefone no volante, central multimídia Uconnect, de 7 polegadas, monitoramento de pressão dos pneus e ajuste de altura do banco do motorista.

Fiat Cronos Drive GSR

O câmbio GSR, o automatizado que é a evolução do Dualogic, também é oferecido para essa versão e traz a mais borboletas atrás do volante, para trocas de marcha, assistente de partida em rampa, controle de estabilidade e tração, retrovisores elétricos, vidros elétricos traseiros, controlador de velocidade e stop-start.

Fiat Cronos Precision

A versão topo de linha, a Precision, vem equipada com o motor 1.8 E.torQ, de 139 cv a 5.750 rpm e 19,3 kgfm a 3.750 rpm com etanol (135 cv e 18,8 kgfm com gasolina, nas mesmas rotações). Como equipamentos de série, ela traz tudo que o Drive GSR oferece (fora as borboletas, por motivos óbvios) mais faróis de neblina e rodas de liga leve de aro 16, além de faróis diurnos de LED. O automático, de 6 marchas, devolve ao carro as aletas atrás do volante. Airbags laterais, de série no Virtus e até no Kwid, são opcionais no Cronos, assim como rodas de aro 17, câmera de ré, ar-condicionado digital e sensores crepuscular e de chuva, entre outras coisinhas menos importantes.

Estima-se que o Cronos será cerca de R$ 4 mil reais mais caro do que o Argo, o que colocaria seus preços entre R$ 59.000 e R$ 82.000 (com todos os opcionais). A resposta chega no final do mês, quando o modelo começa a chegar às concessionárias.

Compartilhar
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Saiba agora quanto vale seu carro novo ou usado

Hatchback
Sedã
Picape
SUV/Crossover
SW/Perua
Van/Minivan
Cupê
Conversível
Luxo
Hibrido/Elétrico
PUBLICIDADE

Encontre o Preço do Seu Carro