PUBLICIDADE
HomeNotíciasNovidades
Compartilhar

PSA eletrificará seus carros com câmbio híbrido sino-belga de 48V

Empresa escolheu a Punch Powertrain para colocar motores elétricos em 100% de seus veículos até 2025

A PSA já anunciou que pretende colocar motores elétricos para ajudar a diminuir emissões e aumentar a eficiência de seus veículos. Fará isso em 100% da linha até 2025, em maior ou menor grau. E um dos passos para isso será a adoção de um câmbio com motor elétrico incorporado. A empresa escolhida para isso foi a Punch Powertrain, uma empresa belga com capital e fábrica chineses que desenvolveu uma transmissão de dupla embreagem que também é mais leve do que as convencionais, a DT2. E o motor, assim como já acontece com modelos da Audi e da VW, usará um sistema elétrico de 48V.

Baseada na transmissão DT1, de 7 marchas e embreagens banhadas a óleo, a DT2 traz os mesmos benefícios de simplicidade e peso. Segundo a Punch Powertrain, ela teria um inovador conjunto de embreagens planetárias (sim, embreagens) que permite trocas com apenas quatro pares de engrenagens, um dos elementos que a tornam mais leve que as concorrentes. A DT1 tem 60 kg, contra 93 kg da DSG de 6 marchas do grupo Volkswagen. Com o motor elétrico de 48V embutido, a DT2 deve ser mais pesada. Pedimos informações mais detalhadas à Punch Powertrain, mas não tivemos retorno até a conclusão dessa reportagem.

Com o auxílio deste motor, que será capaz também de recuperar energia, e de baterias, os modelos da PSA, que incluem os Peugeot, Citroën, DS, Vauxhall e Opel, deverão emitir menos gás carbônico por km e eventualmente até poderão rodar apenas com eletricidade. As empresas negociam a produção do câmbio DT2 da Punch dentro de uma das fábricas da PSA.

Compartilhar
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Saiba agora quanto vale seu carro novo ou usado

Hatchback
Sedã
Picape
SUV/Crossover
SW/Perua
Van/Minivan
Cupê
Conversível
Luxo
Hibrido/Elétrico
PUBLICIDADE

Encontre o Preço do Seu Carro