PUBLICIDADE
HomeNotíciasNovidades
Compartilhar

RG Nathalie, esportivo com pilha de combustível, marca retorno de Gumpert

Criador do Apollo se une a empresa chinesa, a Aiways, para construir supercarro movido a metanol. E eletricidade

Roland Gumpert foi, entre muitas coisas, o cara que criou o Apollo, um carro que foi, por muitos anos, o recordista de tempo em Nürburgring Nordschleife entre os carros de produção. A fábrica do Apollo morreu em 2013, mas reviveu com um projeto chinês que acabou vendo Gumpert sair pela porta dos fundos. Para quem achou que o engenheiro de 73 anos tinha se decidido curtir a aposentadoria, a notícia do RG Nathalie cai como uma bomba. Solta em meio ao Salão de Pequim. Não só por conta de o novo supercarro ter números ambiciosos a apresentar, mas também porque ele é elétrico. E porque usa uma pilha de combustível movida a metanol para entregar esses números. 

Com 4,31 m de comprimento, apenas dois lugares, pouco menos de 1.600 kg e algo em torno de 430 cv, o RG (Roland Gumpert) Nathalie talvez pareça algo despretensioso quando é comparado a máquinas como o Rimac C_TWO, mas ele está longe disso. Tudo bem que ele não chega a mais de 400 km/h, mas atinge os 300 km/h. E acelera de 0 a 100 km/h em menos de 2,5 s com uma autonomia que, pisando forte, é de razoáveis 600 km. Mas que, num dia sem pressa, pode chegar aos 1.200 km, algo que nem os diesel mais econômicos conseguem igualar. O segredo está na pilha de combustível e no reformador do etanol.

Funciona assim: as pilhas de combustível extraem eletricidade da reação do hidrogênio com o oxigênio para gerar água (H2O). É uma reação contrária à da eletrólise, que usa energia elérica para decompor a água em hidrogênio e oxigênio. Só que o hidrogênio é dificílimo de armazenar em estado puro. Se for líquido, ele precisa ser mantido a temperaturas de -253°C. Se for gasoso, em tanques que aguentem pressões de no mínimo 345 bar (ou 5.000 psi). Para comparar, um tanque de GNV aguenta um máximo de 220 bar (ou 3.190 psi). Veja o que acontece quando um tanque de GNV não aguenta a pressão:

Assustador, certo? Pois saiba que o melhor mesmo é armazenar o hidrogênio, altamente inflamável, em tanques de 690 bar, que admitem uma quantidade maior do gás...

Uma forma de resolver isso é usar combustíveis dos quais seja possível extrair o hidrogênio, como etanol ou metanol, o álcool escolhido por Gumbert para o Nathalie. Isso é feito por meio de um reformador, que aquece o metanol entre 300°C e 400°C para extrair o hidrogênio, deixando apenas gás carbônico como resultado. Por isso se opta por combustíveis renováveis, que apenas devolvem à atmosfera o CO2 que as plantas extraíram da atmosfera no processo de fotossíntese. O hidrogênio é então mandado para as pilhas de combustível, que geram a energia elétrica que alimenta os quatro motores do Nathalie. Um por roda. Motores que ficam, aliás, dentro das rodas do modelo, como o Michelin Active Wheel.

A diferença é que os motores nas rodas do Nathalie podem girar a mais de 15.000 rpm e entregar, juntos, cerca de 100 kgfm de torque. Isso dispensa a necessidade de uma transmissão, por exemplo. Fica só a dúvida sobre o por que de o Nathalie pesar tanto. Provavelmente isso se deve ao peso do reformador e da pilha de combustível.

Ainda não se sabe quando o RG Nathalie será colocado à venda, mas já existem veículos com pilhas a combustível à venda no exterior, como o Toyota Mirai e o Hyundai Nexo. A expectativa é que um protótipo totalmente funcional já esteja disponível no final deste ano. Com a Aiways, baseada em Xangai, a coisa deve andar relativamente rápido. A empresa chinesa quer fabricar 8 modelos diferentes e chegar a 300 mil unidades produzidas por ano. O RG Nathalie, entretanto, deverá ser fabricado em Ingolstadt, na Alemanha. E custar algo entre € 300 mil e € 500 mil.

Se você está curioso sobre o nome, é o da filha mais velha de Gumpert, a moça à direita do engenheiro.

Compartilhar
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Saiba agora quanto vale seu carro novo ou usado

Hatchback
Sedã
Picape
SUV/Crossover
SW/Perua
Van/Minivan
Cupê
Conversível
Luxo
Hibrido/Elétrico
PUBLICIDADE

Encontre o Preço do Seu Carro