PUBLICIDADE
HomeNotíciasNovidades
Compartilhar

Rolls-Royce Cullinan chega com tração nas quatro rodas e luxo de sobra

Marca britânica pode até se recusar a chamá-lo de SUV, mas ele encara pedreiras e trilhas com a mesma desenvoltura de um...

Quando as fotos de um carro vazam, normalmente elas só nos permitem ter ideia de como é sua aparência e pouca coisa a mais. Foi exatamente o caso do Rolls-Royce Cullinan. Revelado oficialmente nesta quinta (10), o SUV da Rolls-Royce não é o primeiro todo-terreno da marca britânica, como bem lembra a revista britânica Autocar, mas sim seu primeiro modelo 4x4. O que, queira a Rolls-Royce ou não, faz dele um SUV com todas as letras. Um carregado de luxo, mas SUV mesmo assim.

Construído sobre uma nova plataforma totalmente feita de alumínio, a "Architecture of Luxury", que já havia estreado no Phantom 8, em julho de 2017, o Cullinan nem por isso é leve. Seus 2.660 kg são apenas um dos fatores que o colocam como um peso pesado dos SUVs. O Cullinan tem 5,34 m de comprimento, 2,16 m de largura, 1,84 m de altura e um entre-eixos de 3,30 m. O porta-malas, como convém a um veículo deste segmento, comporta 600 l (526 l na versão com apenas 4 lugares). E seu motor V12 de 6,75 litros é bem mais potente do que imaginávamos: são 571 cv a 5.000 rpm, com um torque de 86,7 kgfm desde os 1.600 rpm.

Rolls-Royce Cullinan

Com tanto torque e o câmbio automático ZF de 8 marchas para ajudar, o Cullinan não tem reduzida. Nem precisa de uma para sua tração integral permanente. Dá até pena imaginar que o dono de um carro como esse provavelmente passará pouco tempo atrás do lugar mais legal que ele oferece: atrás do volante. É o motorista que poderá sentir melhor a suspensão a ar independente nas quatro rodas, chamada de "Magic Carpet Ride", ou rodar de tapete mágico. E colocar à prova o slogan do novo SUV, "Efortless everywhere", algo como "sem esforço em qualquer canto". E que o vídeo abaixo ajuda a reforçar.

Quem quiser um Cullinan terá de encomendar o seu e esperar até perto do Natal para poder recebê-lo. Apesar de ter sido mostrado agora, o modelo só entrará em produção no segundo semestre. E só estará disponível para quem puder dispor de £ 250 mil, pouco mais de R$ 1,2 milhão. Lá no Reino Unido, sem ter de encarar impostos de importação. No site da marca no Brasil, já é possível registrar interesse no SUV. Com nosso asfalto lunar, o Cullinan provavelmente será o produto da marca a ficar mais à vontade por essas bandas.

Compartilhar
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Saiba agora quanto vale seu carro novo ou usado

Hatchback
Sedã
Picape
SUV/Crossover
SW/Perua
Van/Minivan
Cupê
Conversível
Luxo
Hibrido/Elétrico
PUBLICIDADE

Encontre o Preço do Seu Carro