PUBLICIDADE
HomeNotíciasMercado
Compartilhar

Após complicações em cirurgia contra um câncer, Sergio Marchionne morre

Câncer ósseo, no ombro direito, levou a uma embolia cerebral que deixou o ex-CEO da FCA em coma por vários dias até sua eventual morte cerebral

Morreu nesta quarta (25), depois de dias em coma, o ex-CEO da FCA, Sergio Marchionne. Substituído no sábado por Mike Manley, Marchionne não resistiu a complicações em uma cirurgia contra um câncer ósseo, no ombro direito. Durante a cirurgia, segundo o site Automotive News, um coágulo de sangue se alojou no cérebro de Marchionne, causando uma embolia cerebral que o deixou em coma, respirando apenas com a ajuda de aparelhos e levando-o à morte cerebral.

O câncer ósseo provavelmente já era uma metástase de um tumor no pulmão, de acordo com o site Dagospia. Em um comunicado oficial, John Elkan, presidente da Exor, a holding que controla a FCA, informou sobre a morte de Marchionne. "Infelizmente, o que mais temíamos aconteceu. Sergio Marchionne, homem e amigo, se foi. Minha família e eu seremos para sempre gratos pelo que ele fez. Nossos pensamentos estão com Manuela (sua companheira) e com seus filhos Alessio e Tyler", disse Elkan. O executivo também disse que a melhor maneira de honrar sua memória seria construir sobre o legado que ele deixou, desenvolvendo "os valores humanos de responsabilidade e franqueza dos quais ele era um dos mais ardentes defensores". Nossas condolências aos familiares e amigos deste excepcional executivo.

Compartilhar
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Saiba agora quanto vale seu carro novo ou usado

Hatchback
Sedã
Picape
SUV/Crossover
SW/Perua
Van/Minivan
Cupê
Conversível
Luxo
Hibrido/Elétrico
PUBLICIDADE

Encontre o Preço do Seu Carro