PUBLICIDADE
HomeNotíciasMercado
Compartilhar

Vendas caem 30,17% em janeiro e Fiat chega ao quarto mês de liderança

Jeep e Caoa Chery também cresceram, enquanto Kia, Ford e Citroën perderam espaço

O ano de 2021 começou em baixa para o mercado automotivo. Segundo a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores – Fenabrave, foram 162.567 automóveis e comerciais leves vendidos no último mês, 11,7% a menos do que no início de 2020. Na comparação com dezembro, a queda é ainda mais forte: 30,17%.

Alarico Assumpção Júnior, presidente da entidade, alega que o mês de janeiro já costuma apresentar retração na queda, mas alerta que além das despesas correntes, como IPVA e matérias escolares, este ano houve dois outros agravantes: falta de componentes e aumento do ICMS em São Paulo.

Apesar disso, a Fiat se aproveitou para completar quatro meses consecutivos como a montadora mais vendida do país. Foram 30.891 vendas da montadora italiana, uma considerável vantagem perante as 26.614 da Chevrolet e os 26.577 emplacamentos da Volkswagen.

Outros destaques foram a Jeep, que cresceu 39,91% em relação a janeiro de 2021 e conseguiu o quinto lugar nas vendas. Outra marca que apresentou bom crescimento foi a Caoa Chery com 36,1% de aumento nas vendas. Na outra ponta, a Citroën apresentou a maior queda: 52,91%. A Ford caiu 43,66% e a Kia foi a terceira em percentual de queda com 33,73% com relação ao primeiro mês de 2021.

Stellantis

A fusão entre FCA (Jeep, Ram e Fiat) e PSA (Peugeot e Citroën) fez o novo grupo abocanhar 28% das vendas no Brasil. Além dos bons resultados de Jeep e Fiat, a empresa foi reforçada pela chegada da RAM 1500 e pelo crescimento de 19,95% da Peugeot em relação a janeiro de 2021.

Confira as marcas mais vendidas:

 

Compartilhar

Notícias Recentes

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Saiba agora quanto vale seu carro novo ou usado

Hatchback
Sedã
Picape
SUV/Crossover
SW/Perua
Van/Minivan
Cupê
Conversível
Luxo
Hibrido/Elétrico
PUBLICIDADE

Encontre o Preço do Seu Carro