PUBLICIDADE
HomeNotíciasNovidades
Compartilhar

Volkswagen apresenta nova geração do Golf

Modelo terá versões híbrida plug-in, a gasolina, diesel e até gás natural para o mercado europeu

Após flagras, teasers, vazamentos e tudo que tem direito, o Volkswagen Golf de oitava geração finalmente foi apresentado. O modelo foi revelado em um evento realizado em Wolfsburg, cidade natal da empresa, mas com transmissão ao vivo pela internet. 

Em termos visuais, o Golf promete causar polêmica com os fãs. O perfil lateral segue praticamente inalterado, no entanto, a dianteira conta com novos faróis estreitos e grade mais conectada ao conjunto ótico. A parte inferior do para-choque conta com mais vincos. Na traseira, as lanternas agora possuem formato irregular, mas são totalmente em LED. O teto conta com uma caída um pouco mais acentuada, percebida somente pelo ângulo da parte superior da tampa do porta-malas. 

O interior conta com um pouco mais de mudanças. O arranjo é mais horizontal e há molduras para integrar melhor o painel de instrumentos digital com a central multimídia, em um sistema que lembra os novos Mercedes-Benz. A alavanca de câmbio não tem conexão física com a transmissão, por esse motivo, a Volkswagen adotou um joystick menor, similar ao do Porsche 911. Aproveitando as linhas horizontais do interior, a Volkswagen integrou melhor as saídas de ar-condicionado, solução que já havia aparecido no sedã Passat. O volante também mudou e conta com linhas mais finas na parte central. 

A grande novidade em termos de motorização é a introdução de um sistema híbrido leve de 48V, responsável por movimentar o veículo em baixas velocidades e também manter sistemas como o ar-condicionado quando o start-stop entrar em ação. Esse sistema promete economizar 10% de combustível e reduzir em 17% a emissão de CO2. Essa configuração está disponível somente com motor 1.5 com potência de 110, 130 ou 150 cv.

Entre as motorizações, o modelo terá duas oções de potência com gasolina no motor 1.0 TSI Evo, 90 cv ou 110 cv, duas opções com motor a diesel 2.0 TDI, 115 cv e 150 cv, e uma abastecido com gás natural com 130 cv. Além disso, o Golf a variante GTE, com sistema de carregamento plug-in, a primeira delas com 204 cv e a segunda com 245 cv. A autonomia no modo 100% elétrico é de 65 km. 

O novo Golf é o primeiro Volkswagen a se conectar com sinais da infraestrutura de tráfego e informações de outros veículos. Assim, o carro é capaz de se comunicar com outros veículos em uma distância de até 800 metros, desde que eles também tenham esse tipo de tecnologia. 

No Brasil, o Golf ficará na geração sete por algum tempo com a versão GTE. No futuro, como já disse o presidente da Volkswagen, Pablo Di Si, é possível que a configuração GTI da nova geração seja importada como um veículo de imagem da empresa. As vendas da oitava geração na Europa estão programadas para dezembro.

Compartilhar
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Saiba agora quanto vale seu carro novo ou usado

Hatchback
Sedã
Picape
SUV/Crossover
SW/Perua
Van/Minivan
Cupê
Conversível
Luxo
Hibrido/Elétrico
PUBLICIDADE

Encontre o Preço do Seu Carro