PUBLICIDADE
HomeNotíciasMercado
Compartilhar

Volkswagen inicia exportação do T-Cross para o continente africano

SUV é fabricado em São José dos Pinhas e exportado para 26 países

O Volkswagen T-Cross, líder entre os SUVs no Brasil em 2020, está de malas prontas para mais sete países. A informação foi revelada pela empresa, que inicia a exportação para o continente africano. Os países que receberão o modelo são: Costa do Marfim, Gabão, Gana, Líbia, Madagascar, Ruanda e Sudão. Com isso, a VW informa que já são 26 países para os quais exporta o T-Cross.

“A exportação para esse continente, o terceiro mais extenso do mundo com mais de 1,2 bilhão de habitantes, é uma grande oportunidade de conquistar novos mercados com um grande potencial de consumo. Fortalecemos também nossa posição de maior exportadora de automóveis do Brasil”, afirma Pablo Di Si, presidente e CEO da Volkswagen América Latina.

Com os novos destinos, o T-Cross brasileiro soma 26 destinos internacionais. Somando Argentina e Brasil, maiores mercados regionais do T-Cross, quase 70 mil unidades foram vendidas. O SUV já contabiliza 34 mil unidades exportadas.

O SUV será vendido no continente africano nas versões Trendline, Comfortline e Highline, podendo receber o câmbio manual ou automático. Segundo a Volkswagen, foram feitas poucas adaptações para os mercados, incluindo calibrações e manuais do proprietário traduzidos.

Compartilhar
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Saiba agora quanto vale seu carro novo ou usado

Hatchback
Sedã
Picape
SUV/Crossover
SW/Perua
Van/Minivan
Cupê
Conversível
Luxo
Hibrido/Elétrico
PUBLICIDADE

Encontre o Preço do Seu Carro