PUBLICIDADE
HomeNotíciasNovidades
Compartilhar

VW I.D. Vizzion mostra como será o concorrente alemão do Tesla Model S

Quarto conceito da linha I.D. aponta para um sedã premium. Linha de elétricos deve chegar ao mercado em 2020

Prevista para começar sua ofensiva em 2020, a nova família VW I.D., de modelos elétricos, ganhará no Salão de Genebra seu quarto conceito, o do VW I.D. Vizzion. Seguindo a tradição dos demais conceitos, com dois "Z" no nome (Buzz e Crozz), o novo carro, surpreendentemente, é um sedã de luxo. E ele surpreende porque os sedãs de luxo andam perdendo um bocado de espaço no mercado mundial para SUVs. Mas, olhando mais detidamente, há dois fatores que explicam a escolha: o mercado chinês e, mais do que tudo, o Tesla Model S.

O totalmente elétrico Model S tem 4,98 m de comprimento, 1,96 m de largura, 1,44 m de altura e 2,96 m de entre-eixos. Com seu pacote de baterias mais agressivo, o de 100 kWh, ele tem autonomia de até 540 km, máxima de 250 km/h e é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 2,4 s. Ele foi o primeiro modelo da Tesla depois do Roaster e muita gente o recebeu com ceticismo. Só para vê-lo se tornar moda nas ruas da Califórnia e, posteriormente, dos EUA inteiros, com chegada recente a outros mercados mundiais. Depois de provar que elétricos podiam ser divertidos, com o Roaster, a Tesla mostrou que podiam ser seguros, versáteis, velozes e também divertidos. Tudo com o Model S, que pode levar até 7 pessoas em uma carroceria aparentemente conservadora. Em suma, o Model S é o cara a bater. Não só para a VW, mas para todas as novas iniciativas dos concorrentes, como BMW, que promete um Série 3 totalmente elétrico, Audi e Mercedes-Benz.

VW I.D. Vizzion

O Vizzion tem 5,11 m de comprimento, 306 cv, velocidade máxima de 180 km/h (limitada para conter o consumo de energia) e autonomia de 665 km. Para impressionar, a VW o fez sem comandos internos, para enaltecer sua capacidade autônoma. Algo que o Google já fez, assim como a Chevrolet, mas que não agradou. Quem vê algo do tipo se sente meio refém do veículo, que faz o que bem entender. A versão de produção deverá ser mais próxima dos conceitos I.D. anteriores, com volantes escamoteáveis.

VW I.D. Vizzion

Revelado apenas em desenhos, o sedã premium elétrico da Volkswagen deverá chegar ao mercado apenas depois das versões de produção do I.D., do I.D. Buzz (a Kombi elétrica e moderna) e do I.D. Crozz (o SUV elétrico da empresa). Tudo a partir de 2020. Com o sedã, a VW vai disputar espaço com os donos do Model S e contar com seu excelente mercado na China, responsável por fazer dela a maior fabricante de automóveis em 2017. Na China, apesar do aumento de relevância de crossovers e SUVs, sedãs ainda são fortíssimos. Vejamos como o Vizzion será recebido no Salão de Genebra, que abre em março.

Compartilhar
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Saiba agora quanto vale seu carro novo ou usado

Picape
SUV/Crossover
Sedã
Hatchback
SW/Perua
Van/Minivan
Cupê
Conversível
Luxo
Hibrido/Elétrico
PUBLICIDADE

Encontre o Preço do Seu Carro