PUBLICIDADE
HomeNotíciasNovidades
Compartilhar

Elétrico mais barato do Brasil? Talvez seja o Zotye E200-Pro

Prometido para abril de 2019, urbaninho elétrico chinês ganhará pré-reservas e preços em janeiro do ano que vem

Durou pouco a alegria da JAC em vender o elétrico mais barato do Brasil. Esse veículo seria o E40, baseado no T40, mas a Zotye divulgou hoje em sua página no Facebook que pretende ter um modelo totalmente elétrico menor que o E40 à venda. O que o torna automaticamente mais barato que o concorrente da JAC. O preço, segundo a fabricante chinesa com fábrica em Goianésia, Goiás, ainda não foi definido, mas apostaríamos em algo em torno de R$ 50 mil.

Outra vantagem do Zotye E200-Pro é que ele será teoricamente vendido mais cedo do que o E40. Enquanto o modelo da JAC chega apenas em junho do ano que vem, o urbaninho elétrico tem a promessa de começar a ser vendido em abril de 2019, com pré-reservas e preços disponíveis já em janeiro do ano que vem. A bem da verdade, a página do carrinho já aceita contatos para quem tenha interesse em comprá-lo.

Zotye E200-Pro

A Zotye havia comprado a TAC, mas manteve a produção do Stark em Sobral, no Ceará. Foi por isso que se instalou em Goianésia, em parceria com a Electro Motors. A expectativa é que o E200-Pro seja fabricado ali. O urbaninho tem 2,74 m de comprimento, 1,60 m de largura e 1,63 m de altura. O fato de ser mais alto do que largo seria preocupante em qualquer modelo que não fosse elétrico, ainda mais com um entre-eixos tão curto, mas o E200-Pro deve ter centro de massa muito baixo, o que o torna mais estável. Para ajudar, o E200 tem rodas de liga leve de aro 15, com pneus 195/50 R15, freios a disco e suspensão independente nas quatro rodas. Seu motor, que entrega 82 cve 18,4 kgfm, o leva a uma máxima de 130 km/h. A autonomia fica em 250 km no modo Eco.

Apesar de pequeno, o E200 promete ser bastante completo. Ele terá câmera de ré, trio elétrico, direção eletricamente assistida, computador de bordo, faróis de neblina, central multimídia e ar-condicionado. Obrigatórios desde 2014, ABS e airbags dianteiros também estarão presentes. Com os estímulos dados a elétricos pelo Rota 2030, ele deve encontrar público, especialmente em grandes cidades com sistema de rodízio, como São Paulo.

Compartilhar
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Saiba agora quanto vale seu carro novo ou usado

Hatchback
Sedã
Picape
SUV/Crossover
SW/Perua
Van/Minivan
Cupê
Conversível
Luxo
Hibrido/Elétrico
PUBLICIDADE

Encontre o Preço do Seu Carro