PUBLICIDADE
HomeNotíciasAvaliações
Compartilhar

Avaliação KBB™ - Honda CR-V

Crossover médio ganhou nova geração em 2016, mas ela só chega por aqui em alguns meses. Vale comprar o atual?

O Honda CR-V já recebeu sua quinta geração em 2016, mas ela ainda não desembarcou no Brasil. Continua à venda por aqui a quarta encarnação do modelo, com preço de R$ 148 mil, mas já prestes a dar lugar ao modelo novo, bastante elogiado por público e crítica nos lugares onde já está à venda. O que não nos exime de falar da quarta geração, um veículo ainda bastante respeitável.

Você gostará do Honda CR-V se…

Poucos modelos do mesmo segmento do CR-V, o dos crossovers médios, oferecem tanto espaço interno quanto o Honda. Oferecido por aqui apenas em sua versão mais equipada, a EXL 4x4, ele também vem com excelente pacote de itens de série, como 6 airbags, controles de tração e de estabilidade, central multimídia com GPS etc. O CR-V também traz um dos melhores painéis de instrumentos do mercado, de excelente visualização.

Honda CR-V

Talvez você não curta muito…

O maior problema do CR-V vendido aqui é que ele já está velho há mais de um ano. Comprar um novo exigirá dos candidatos a vontade de ficar com o veículos por pelo menos 3 anos, para não sofrer tanto com a desvalorização. E o fato de ser o preço e a idade os maiores problemas do modelo dizem muito sobre ele.

O que tem de novo em 2018

Terá a quinta geração, inteiramente nova.

Dirigindo o Honda CR-V

Honda CR-V

Conforto é a palavra de ordem em crossover médios e é algo que o CR-V entrega sem restrições. Os bancos, revestidos de couro, acolhem bem motorista e passageiros. E o motorista encontra facilidade para ajustar a melhor posição para dirigir.

Com partida e entrada por chave presencial, o CR-V tem uma alavanca seletora de câmbio que confunde um pouco. Por vezes você acha que engatou D, mas o carro continua em N. Depois de devidamente engrenado, o CR-V mostra que o casamento entre seu câmbio automático convencional de 5 marchas, o mesmo usado pela geração anterior do Civic, se casa muito bem com o motor 2.0 flex. Não se notam buracos entre elas e a agilidade do crossover é exemplar, assim como sua suspensão. Firme em curvas e suave nos buracos.

Honda CR-V

Em termos de consumo, o CR-V não é dos veículos que pontuam melhor no Conpet, com nota C tanto em seu segmento quanto no geral, mas talvez mais por mérito dos concorrentes do que por falha sua. Informa o programa que ele faz 6,4 km/l na cidade e 8,1 km/l na estrada com etanol e 9,2 km/l e 11,5 km/l, respectivamente, com gasolina.

Para quem viaja com crianças, o bom espaço traseiro torna a instalação de cadeirinhas e a dos pimpolhos em seus respectivos lugares algo muito menos complicado do que no City ou no Civic, para ficarmos apenas em modelos da própria Honda. Aliás, o CR-V é o carro ideal para quem procura um modelo espaçoso para 5 pessoas.

Honda CR-V

O porta-malas, que permite levar 589 l, é amplo o suficiente para muita bagagem. Não fosse o preço e o fato de estar prestes a mudar, o CR-V seria um dos modelos mais indicados de nosso mercado para quem tem família e gosta de viajar por aí.

Sacadas inteligentes

O CR-V tem uma série de porta-objetos interessantes, inclusive um que fica pouco abaixo do puxador das portas dianteiras. Ele é especialmente útil para guardar dinheiro e moedas em pedágios. Fica bem à mão e não interfere com outros nichos. A tração nas quatro rodas é, mais do que inteligente, bastante útil, especialmente em pisos de baixa aderência.

Detalhes do Honda CR-V

Interior

Os porta-trecos do CR-V, que já destacamos como pontos altos do modelo, tão o tom da versatilidade de seu interior. Materiais suaves ao toque e de boa qualidade, distantes dos usados no Fit e no City, por exemplo, mostram que o preço do crossover pode não ser baixo, mas tem algum tipo de contrapartida quando se trata de acabamento.

Exterior

Honda CR-V

Este CR-V pode já ter saído de linha no exterior, mas ele ainda tem estilo bastante moderno. Só soará antigo para quem já se acostumou a vê-lo pelas ruas, algo que só acontecerá com aqueles que têm vizinhos com o modelo. O modelo não vendeu tudo isso para se tornar comum nas ruas, algo que a nova geração deverá ser capaz de remediar. Especialmente se tiver pretensões de concorrer com o Chevrolet Equinox.

Equipamentos

Honda CR-V

O crossover da Honda traz de série central multimídia com GPS, câmera de ré, faróis de neblina, teto solar, vidros verdes, barras de proteção laterais, computador de bordo, controlador de velocidade, bancos de couro, sensores de chuva e crepuscular, ar-condicionado digital bizona com saída para os bancos traseiros, 6 airbags, assistente de partida em rampa (HSA), controle de estabilidade e de tração, freios a disco nas quatro rodas, ABS e alarme.

Sob o capô

O motor 2.0 flex do CR-V é velho conhecido do motorista brasileiro. Era o mesmo usado pelo Civic de geração anterior e também pelo atual. Ele gera 155 cv (E) e 150 cv (G) a 6.300 rpm e 19,5 kgfm (E) a 4.800 rpm e 19,3 kgfm (G) a 4.700 rpm. O câmbio automático de 5 marchas o livra das críticas que se costuma fazer ao casamento da nova caixa CVT com este motor.

Sobre o preço

Já mencionamos o preço de R$ 148 mil pelo qual o CR-V é vendido. Que é um bocado alto, especialmente considerando que o Chevrolet Equinox, seu concorrente mais atualizado, é vendido a partir de R$ 137.490. Um jogo que a chegada da nova geração do CR-V tem o poder de inverter.

Avaliação Profissional KBB
4 de 5
Compartilhar
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Saiba agora quanto vale seu carro novo ou usado

Picape
SUV/Crossover
Sedã
Hatchback
SW/Perua
Van/Minivan
Cupê
Conversível
Luxo
Hibrido/Elétrico
PUBLICIDADE

Encontre o Preço do Seu Carro