PUBLICIDADE
HomeNotíciasAvaliações
Compartilhar

Avaliação KBB™ - Hyundai Creta Smart Plus é boa opção abaixo de R$ 100 mil

SUV compacto mudará esse ano, mas o visual da nova geração promete causar polêmica

Está cada vez mais difícil achar um SUV compacto com câmbio automático por menos de R$ 100 mil. Uma dessas opções é o Hyundai Creta Smart Plus. O modelo parte de R$ 98.990 na cor preta e chega aos R$ 100.490 com pinturas metálicas.

O nível da lista de equipamentos pode ser considerado razoável. O Creta Smart Plus tem rodas diamantadas de 17 polegadas, faróis de neblina, luzes de condução diurna (DRL) em LED, volante revestido em couro, ar-condicionado automático e digital, central multimídia BlueMedia com 7 polegadas com Android Auto, Apple CarPlay e TV digital, câmera de ré com linhas adaptativas, monitoramento de pressão dos pneus (TPMS) e bancos revestidos parcialmente em couro.

Há ainda controle de estabilidade (ESP), controle de tração (TCS), sinalização de frenagem de emergência (ESS), assistente de partida em rampa (HAC), piloto automático com controles no volante, sensores de estacionamento traseiros, vidros elétricos dianteiros e traseiros com função one-touch e antiesmagamento, e ainda abertura e fechamento dos vidros elétricos por meio da chave.

É exatamente o que se espera de qualquer veículo nessa faixa de preço. E que reflete bem toda a personalidade do Creta. Ele não é, ao menos até chegar a próxima geração, destaque em nada, mas também não faz feio em nenhum critério. Isso vale para lista de equipamentos, design, desempenho, consumo e espaço.

O motor 1.6 de 130 cv e 16,5 kgfm de torque é o suficiente para o Creta. Na cidade, graças ao ajuste do câmbio, o modelo pode ser considerado até ágil. No entanto, no uso rodoviário, a entrega tardia do torque faz o motor se esforçar e compromete o conforto acústico. No geral, o desempenho é similar ao do Nissan Kicks, superior aos Jeep Renegade e Renault Duster, mas inferior em relação aos turbinados e mesmo ao Honda HR-V.

Em questão de consumo de combustível, a história se repete. O Creta não é o mais beberrão, mas também não é o mais econômico. Segundo dados do Inmetro, o SUV pode fazer 7,1 km/l na cidade e 8,2 km/l na estrada, quando abastecido por etanol. Na gasolina, por sua vez, o rendimento é de 10,1 km/l no perímetro urbano e 11,3 km/l quando for pegar a estrada.

Em termos de espaço, o Creta está mais perto dos líderes nesse quesito, perdendo apenas para Honda HR-V e os Renault Duster e Captur, mesmo que as medidas não sejam tão distantes de outros rivais. O SUV compacto tem 4,27 metros de comprimento, 1,76 m de largura, 1,63 m de altura, 2,59 m de distância entre-eixos e 431 litros de volume de porta-malas.

Em movimento, o acerto de suspensão é voltado para o conforto. A suspensão absorve bem as irregularidades do piso, mas sem deixar a carroceria balançar demais. Um dos pontos negativos está no ajuste da direção elétrica, que é leve demais em velocidades mais altas. Apesar disso, a convivência com o Creta é boa, há uma quantidade razoável de porta-objetos e a ergonomia é bem acertada. No fim, o Creta Smart Plus é uma compra bem racional e entrega um bom custo-benefício, no entanto, essa fama pode acabar com a nova geração, que chegará com design polêmico, mas deverá receber o motor turbo para compensar. 

 

Avaliação Profissional KBB
4 de 5
Compartilhar
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Saiba agora quanto vale seu carro novo ou usado

Hatchback
Sedã
Picape
SUV/Crossover
SW/Perua
Van/Minivan
Cupê
Conversível
Luxo
Hibrido/Elétrico
PUBLICIDADE

Encontre o Preço do Seu Carro