PUBLICIDADE
HomeNotíciasAvaliações
Compartilhar

Avaliação KBB™ - Volkswagen Saveiro CD Pepper 1.6

Estilo urbano, equipamentos e boa dirigibilidade são os trunfos da picape da VW

Já não é mais novidade que algumas fabricantes aproveitam o interesse do público mais urbano para criar versões estilizadas de picapes. E um dos modelos que talvez melhor representem essa tendência é a Volkswagen Saveiro Pepper. Lançada no primeiro semestre do ano passado, a versão ocupa o topo da gama do modelo ao lado da opção Cross (porém com um motor menos potente) para atrair quem busca um veículo utilitário, mas com uma pegada mais descolada para conciliar trabalho e lazer. 

Equipada com o veterano motor 1.6 8V, a Saveiro Pepper oferece benefícios exclusivos em relação às rivais, mas é verdade que a concorrência, com a líder incontestável da categoria, a Fiat Strada, deixa a picape da marca alemã numa situação mais complicada, sobretudo na faixa dos R$ 70 mil. 

Você gostará do Volkswagen Saveiro CD Pepper 1.6 se...

Se você prioriza um estilo diferenciado, a Pepper foi feita para você. Os detalhes pretos e vermelhos da carroceria, aliados às rodas de liga leve diamantadas de aro 15, de fato destacam a Saveiro de suas concorrentes com o visual mais urbano. A cabine complementa esta abordagem com referências esportivas (como o volante). Mas a principal virtude da Saveiro é a sua suspensão traseira de eixo de torção com molas helicoidais, algo incomum na categoria e que torna sua dirigibilidade uma referência entre as picapes pequenas. 

Volkswagen Saveiro Pepper 1.6 CD

Talvez você não curta muito...

No quesito "utilitária" a Saveiro deixa um pouco a desejar, sobretudo quando comparada com a Stada. A caçamba da Volkswagen tem capacidades menores do que as da rival, o que pode atrapalhar na hora do trabalho. 

O que tem de novo em 2018

A linha da Saveiro não recebeu nenhuma atualização ainda este ano. A última novidade da picape foi, justamente, a chegada da versão Pepper

Dirigindo o Volkswagen Saveiro CD Pepper 1.6

Como falamos na avaliação do Volkswagen Fox Connect, este motor 1.6 da família EA111 está presente na marca há mais de 20 anos. Chamá-lo de veterano é o mínimo que podemos fazer. Mas o que surpreende é sua capacidade de ainda entregar um desempenho condizente com a realidade do mercado, dispondo de 104 cv e 15,6 kgfm de torque. Se analisarmos as fichas técnicas da Saveiro e da Strada, o motor 1.8 de 132 cv da Fiat certamente o fará pensar que a picape mais vendida também vence com folga a rival 1.6, mas, na prática, não é bem assim.

Volkswagen Saveiro Pepper 1.6 CD

Com um câmbio muito bem escalonado e prazeroso de manusear (por conta dos engates curtos e precisos), as curvas de potência e torque do motor 1.6 parecem ser mais bem aproveitadas do que as da Strada, deixando a Saveiro quase imperceptivelvemente atrás da Fiat, tanto na cidade quanto em rodovias. Neste último caso, a diferença só é mais notada por conta de uma maior elasticidade da Strada, mas isso não significa que a Saveiro tenha dificuldade de trafegar em velocidades mais altas, a cerca de 120 km/h. 

Nesta situação, a Saveiro está trabalhando a mais de 3.500 rpm, mas vai bem. É claro que suas limitações ficam mais evidentes quando a picape perde o embalo (algum carro entra à sua frente mais lento, por exemplo), pois retomadas não são o forte da Saveiro. É preciso recuar duas marchas para jogar as rotações do motor no alto e, assim, aproveitar melhor o desempenho da picape. Sabendo extrair o seu melhor, o motor 1.6 não o decepcionará tanto, ainda que sintamos a falta do motor 1.6 EA211 de 120 cv, que, infelizmente, ficou restrito à versão Cross da Saveiro. 

Em relação ao consumo, a Saveiro Pepper é nota B no segmento, de acordo com o Inmetro. Ela é capaz de rodas 7,6 km/l na cidade e 8,6 km/l em rodovias, com etanol, e 10,9 km/l e 12,1 km/l, com gasolina, respectivamente. 

O que é digno de nota em relação ao desempenho da Saveiro é a sua dinâmica. Como adiantamos no início do texto, ela é a única picape pequena que traz um conjunto de suspensão composto por eixo de torção com molas helicoidais atrás. Isso significa que sua desenvoltura em curvas é mais afinada, bem como é o controle da oscilação da carroceria (sobretudo com a caçamba vazia). A assistência hidráulica da direção é macia, mas com a firmeza necessária para velocidades mais altas e as respostas são boas para a categoria. 

Volkswagen Saveiro Pepper 1.6 CD

Sacadas inteligentes

O principal diferencial da Saveiro em relação às concorrentes é a já citada suspensão traseira. Entre as picapes pequenas, só ela traz eixo de torção com molas helicoidais no eixo traseiro. 

Detalhes do Volkswagen Saveiro CD Pepper 1.6

Interior

A cabine da Saveiro conta com a personalização da versão com a inscrição do nome "Pepper" nos bancos de couro, detalhes em vermelho nas bordas das saídas de ar e até numa peça de plástico que imita a fibra de carbono delineando o painel. O volante inspirado no Golf completa a caracterização esportiva urbana da picape. Todas as peças de acabamento são bem encaixadas, mas é tudo revestido de plástico duro rugoso (comum para um carro utilitário, mas não deixa de ser um tanto depreciativo se considerarmos os R$ 73 mil que esta versão custa). 

O que se destaca na cabine é a central multimídia. A opção de série já conta com uma tela atraente e um software intuitivo e com conectividade via Bluetooth e USB. Mas ainda há as opções Composition Touch e Discover Media, que têm softwares ainda mais avançados (com sensor de proximidade e GPS, por exemplo). 

Volkswagen Saveiro Pepper 1.6 CD

Graças ao suporte de celular de série, o nível de funcionalidade dela é satisfatório, com um compartimento para copos ou bugigangas à frente do câmbio. Atrás, os passageiros contam com um tomada de 12V dedicada e porta-copos indivudais. O problema para viajar ali é o espaço limitado. O encosto dos bancos é mais vertical, mal inerente às picapes devido à caçamba, mas falta espaço para as pernas, mesmo sendo uma versão de cabine dupla. Não recomendamos convidar três pessoas para sentarem atrás durante uma viagem muito longa.

Como não há 4 portas (nem uma terceira porta adicional, como a solução encontrada pela Fiat), o acesso à fileira de trás é convencional de carros de duas portas. Os vidros basculantes também prejudicam um convívio mais duradouro, já que não resolvem a sensação de aperto por terem pouca amplitude de abertura nas janelas. 

Exterior

A versão Pepper é disponível somente como cabine dupla e é caracterizada pelas cores: apenas branca ou vermelha, com opcional de teto preto (R$ 1.444). Dependendo da cor escolhida, detalhes como os retrovisores e grade são pintados de vermelho (se a cor for branca) ou preto (se for vermelha). As rodas de aro 15 diamantadas são exclusivas da versão. 

A caçamba da Saveiro tem capacidade para levar 580 litros, com o limite de carga permitido ao veículo de 623 kg. Considerando que a faixa de preço da Pepper esbarra exatamente nas versões de cabine estendida da Strada, fica difícil não fazer a comparação: a caçamba da Strada CE pode levar 910 litros de volume e 685 kg de carga. 

Equipamentos

De série, a Saveiro Pepper vem com ar-condicionado, direção hidráulica, trio elétrico, faróis e lanternas de neblina, rodas de liga leve de aro 15 diamantadas, central multimídia com USB, banco do motorista e volante com ajuste de altura e sensor traseiro. Opcionalmente, há cor metálica (R$ 1.493), teto preto (R$ 1.444), kit de interavitidade (câmera de ré e central Composition Touch, por R$ 1.640) e kit navegação (câmera de ré e central Discover Media com GPS, por R$ 2.774). 

Volkswagen Saveiro Pepper 1.6 CD

Sob o capô

A Volkswagen Saveiro Pepper só tem a opção de motor 1.6 8V disponível. Trata-se do motor da família EA111, capaz de gerar 104 cv e 15,6 kgfm de torque (101 cv e 15,4 kgfm a gasolina). Seu bloco é feito de ferro fundido, enquanto o cabeçote é de alumínio. O câmbio é manual, de 5 marchas. 

Sobre o preço

Ofertada a R$ 73.290, a Saveiro Pepper conta com um pacote de equipamentos bastante atraente, como você leu ali em cima. Os itens ficam bem próximos daqueles disponíveis na Fiat Strada Adventure 1.8 de cabine estendida, o que pode ser um complicador para a Volkswagen, caso a prioridade do consumidor sejam as necessidades com trabalho (devido à caçamba e capacidade de carga maiores da Strada). Correndo por fora, há a Renault Duster Oroch na versão Expression 1.6, que custa R$ 73.550. A francesa pode atrair quem busca níveis de espaço e conforto consideravelmente superiores, mas só. Afinal, ela vem menos equipada e suas capacidades não fogem muito das encontradas na Saveiro e, especialmente, na Strada. 

Ficha técnica

Modelo Volkswagen Saveiro Pepper CD
Motor 1.6, 8V, dianteiro, transversal
Potência E: 104 cv | G: 101 cv a 5.250 rpm
Torque E: 15,6 kgfm | G: 15,4 kgfm a 2.500 rpm
Câmbio Manual, 5 marchas
Tração Dianteira
Freios (d/t) Discos / tambores
Suspensão (d/t) McPherson / eixo de torção
Dimensões (C/L/A) 4,47 m / 1,71 m / 1,56 m 
Entre-eixos 2,75 m
Peso 1.117 kg
Caçamba 580 litros


 

Avaliação Profissional KBB
3 de 5
Compartilhar
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Saiba agora quanto vale seu carro novo ou usado

SUV/Crossover
Sedã
Picape
Hatchback
SW/Perua
Van/Minivan
Cupê
Conversível
Luxo
Hibrido/Elétrico
PUBLICIDADE

Encontre o Preço do Seu Carro