PUBLICIDADE
HomeNotíciasAvaliações
Compartilhar

Primeira volta KBB™ - Chevrolet Onix Premier

Hatch acompanha mudanças mostradas no sedã, mas garante mais esportividade com ajuste de suspensão mais firme

A Chevrolet lançou tudo que faltava da nova geração do Onix. Além da configuração hatch, a marca aproveitou para marcar a chegada do motor 1.0 aspirado, disponível nas duas carroceria. 

Você pode ler mais a respeito na cobertura feita por nós da Kelley Blue Book. Também é possível ver todas as versões, preços e equipamentos, tanto de hatch como sedã. Por falar nisso, a marca manteve os preços anunciados em setembro. 

No entanto, ainda não disponibilizou o motor 1.0 aspirado de três cilindros que rende até 82 cv e 16,8 kgfm de torque para avaliação. Durante o lançamento em Porto Alegre, apenas a versão Premier topo de linha estava disponível para teste drive. 

A grande diferença entre as carroceria está no acerto de suspensão. O Onix está consideravelmente mais firme. Esse acerto visa entregar maior esportividade na condução, mas não chega a atrapalhar na hora de encarar vias mais esburacadas. 

As boas qualidade do sedã se repetem no dois volumes, a aceleração do motor 1.0 turbo de 116 cv é rápida, apesar de parecer um pouco menos esperto, talvez efeito do recall. Outro destaque é a boa lista de equipamentos, conforme mostramos aqui. A ergonomia, boa empunhadura do volante e conforto dos bancos são outros pontos que merecem elogios. 

Se na geração anterior do hatch a transmissão "sobrava" em relação ao motor 1.4, agora a combinação é mais harmoniosa. As trocas são suaves e as marchas possuem bom escalonamento. Um dos motivos para a melhoria é a melhor distribuição do torque em rotações mais altas. 

O que mais chamou atenção no modelo foi o silêncio abordo. Mesmo em rotações mais altas o barulho do motor não invade a cabine, onde se escuta apenas barulho de vento e do atrito dos pneus. Outro destaque está para o trabalho do conjunto de suspensão. 

No entanto, os defeitos também foram herdados. O mais incômodo deles é o fato de não haver borboletas atrás do volante para troca de marchas ou sequer opção sequencial na alavanca. O único modo manual é através de um botão na alavanca.

O Onix hatch, conforme já mostramos, está consideravelmente maior. São 23 cm a mais de comprimento, mas apenas 3 cm no entre-eixos, enquanto o porta-malas foi reduzido. Além do porte maior, as vantagens da nova plataforma da GM também se materializam em segurança. Os dois modelos já passaram pelos testes de colisão do Latin NCAP e receberam as notas máximas para a proteção de adultos e crianças (5 estrelas nos dois casos). A renovação ainda possibilitou a adição de equipamentos inéditos à gama do Onix e Onix Plus, com destaque para seis airbags, controles de tração e de estabilidade e conectividade via internet sem fio 4G. Dependendo da versão, a lista de itens também pode incluir assistente de partida em rampa, sensores de estacionamento, câmera de ré, carregador de celular por indução e partida por botão. 

 

Ficha técnica 

Modelo Chevrolet Onix Plus Premier
Motor 1.0, 12V, 3 cil., dianteiro, transversal, flex, turboalimentado
Potência 116 cv a 5.500 rpm 
Torque

16,8 kgfm a 2.000 rpm (16,3 kgfm com gasolina)

Câmbio Automático de seis marchas
Tração Dianteira
Freios (d/t) Discos ventilados / tambor
Suspensão (d/t) McPherson / eixo de torção
Dimensões (C/L/A) 4,16 m / 1,73 m / 1,47 m 
Entre-eixos 2,60 m
Peso 1.075 kg
Porta-malas 275 litros
Compartilhar
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Saiba agora quanto vale seu carro novo ou usado

Hatchback
Sedã
Picape
SUV/Crossover
SW/Perua
Van/Minivan
Cupê
Conversível
Luxo
Hibrido/Elétrico
PUBLICIDADE

Encontre o Preço do Seu Carro