PUBLICIDADE
HomeNotíciasMercado
Compartilhar

Ford Ka 2019 chega com motor 1.5 Dragon e câmbio automático. E a segurança?

Fabricante diz que colocou reforços na coluna B, mas não menciona se agora usa as barras de proteção lateral que tirou do modelo brasileiro

Depois de a Ford apresentar o Ka Freestyle, em maio, dizendo que ele tinha reforços de carroceria com incremento de até 1,2 mm nas chapas de aço de alta ou ultra alta resistência, aguardamos por um detalhamento maior da mudança na apresentação da linha 2019. Isso aconteceu na segunda (23), para um grupo restrito de jornalistas, que infelizmente não questionou os executivos da fabricante sobre a ausência de barras de proteção laterais ou sobre os efeitos dos reforços sobre a segurança do modelo. Alguns poucos reproduziram um trecho do informativo da Ford, que diz que o "o reforço beneficia o desempenho em colisões", mas ninguém perguntou como. Nem se a Ford patrocinará novos testes no Latin NCAP, como a GM fez com Onix e Prisma, para que o modelo mais vendido da marca americana se livre do vexame da nota 0 em proteção a seus ocupantes. A Ford inclusive destacou outros fatores sobre os reforços, dizendo que eles aumentaram a rigidez torcional (5,3% no hatch e 9,2% no sedã) e o nível de isolamento acústico do carro. Nenhum deles um problema do modelo anterior.

Sem ter notícias sobre o que a reestilização mais deveria ter preocupação em sanar, o que se sabe é que o Ka virá com um novo motor 1.5, da família Dragon, com 3 cilindros, 137 cv e 16,1 kgfm de torque. O mesmo usado pelo EcoSport, modelo com o qual o Ka compartilha a plataforma e que já teve 7 airbags de série. Outros itens aproveitados do crossover são o câmbio automático de 6 marchas e a central multimídia SYNC 3.

Com os novos itens, o Ka passa a custar R$ 45.490, contra R$ 44.780 da atual versão S, sem mudanças nos equipamentos. A SE 1.0 fica em R$ 45.990 (mesmo preço da atual), a SE 1.5 vai a R$ 51.990 (custava R$ 50.190) e a automática, que não existia, custará R$ 56.490. Ainda no hatchback, a versão SE Plus sai por respectivamente R$ 48.490 (R$ 47.390), R$ 54.490 (51.690) e R$ 58.990. O Ka Trail dá lugar ao Freestyle, vendido a R$ 63.490 o manual e R$ 67.990 o automático. Por fim, há agora a versão Titanium, vendida a R$ 68.990 apenas com câmbio automático.

Os preços do sedã são de R$ 49.490 (SE 1.0), R$ 55.490 (SE 1.5), R$ 59.990 (SE 1.5 automático), R$ 51.990 (SE Plus 1.0), R$ 57.990 (SE Plus 1.5), R$ 62.490 (SE Plus automático), R$ 65.990 (SEL, sempre 1.5 e manual) e R$ 70.990 (Titanium, sempre 1.5 e automático). Sugeriríamos aguardar por novos testes do Latin NCAP antes de optar pelo modelo, mas as vendas de junho mostram que segurança é uma preocupação de muito poucos no Brasil. Uma eventual melhoria no desempenho em batidas passará infelizmente despercebida.

Compartilhar
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Saiba agora quanto vale seu carro novo ou usado

Picape
SUV/Crossover
Sedã
Hatchback
SW/Perua
Van/Minivan
Cupê
Conversível
Luxo
Hibrido/Elétrico
PUBLICIDADE

Encontre o Preço do Seu Carro