PUBLICIDADE
HomeNotíciasMercado
Compartilhar

Confira os carros entre R$ 50 mil e R$ 70 mil que mais e menos depreciaram

Levantamento da KBB Brasil mostra que quatro versões valorizaram ao longo de um ano de uso. São elas: Volkswagen Saveiro CD Trendline (5,51%) e Highline (1,78%), Volkswagen Up! High Up! (1,16%) e Toyota Corolla GLi (0,88%)

Passado o período de pagamento de IPVA, IPTU, matrícula escolar e universitária, a busca por veículos volta a subir. Por isto, o período é favorável para ficar de olho nas revendedoras, que podem oferecer benefícios na aquisição de um carro, já que existe o estoque do ano anterior. Para auxiliar em uma melhor escolha, a KBB Brasil levantou as versões de R$ 50 mil a R$ 70 mil que mais e menos depreciaram após o primeiro ano de uso.

Quando o assunto é preço de carros, há duas metodologias para calcular a perda de valor: Desvalorização e Depreciação. Desvalorização é a comparação do preço atual de um veículo 0 Km com os valores aplicados pelo mercado à mesma versão fabricada em anos anteriores. Já a Depreciação usa o valor do veículo 0 Km em um período determinado em relação a seu atual valor residual, sempre considerando o mesmo ano/modelo e sem o mesmo rigor de sua definição contábil, que tem regras muito estritas. Neste levantamento, foi aplicado o conceito de depreciação.

MENOS DEPRECIADOS

Levantamentos de depreciação de carros podem apresentar comportamentos fora do padrão, como índices valorizados, em que o preço de um carro usado hoje é maior que o de um 0Km há um ano atrás. Nesta análise, quatro modelos apresentaram um índice de valorização ao longo do ano analisado.

Os três primeiros colocados pertencem à montadora Volkswagen, são eles: Saveiro Cabine Dupla Trendline 1.6 manual, apresentando 5,51% de valorização após o primeiro ano de uso, seguido pela versão Highline 1.6 manual, que soma um saldo positivo de 1,78% no mesmo período. Em terceira posição, o High UP! 1.0 TSI mostra valorização de 1,16%. O carro mais vendido do mundo não apresentou resultado diferente do esperado, o Toyota Corolla GLI 1.8 CVT soma um valor positivo de 0,88%. Uma forte alta do veículo, variação do câmbio - implicando diretamente em importados – e um bom posicionamento no mercado explicam essas ocorrências.

A alemã Volkswagen é destaque ainda na quinta, sexta e sétima posição de menores desvalorizações. O Polo Highline 200 TSI trouxe 1,49% em desvalorização após um ano de uso, seguida pela versãoComfortline 200 TSI, com queda de 2,14% de seu valor 0 Km. A presença da marca é encerrada com a versão de entrada do modelo 1.6 16V Flex, com redução de 3,10% em seu preço após o primeiro ano.

Confira abaixo o ranking completo com os veículos que menos depreciaram dentro da faixa de valor destacada

 

VEÍCULO/VERSÃO

Modelo 2018 - 0KM

Modelo 2018 - Usado

Depreciação:

 1º ano de uso

VOLKSWAGEN SAVEIRO CD TRENDLINE G6 1.6 8V FLEX

R$ 57.700

R$ 60.878

+5,51%

VOLKSWAGEN SAVEIRO CD HIGHLINE G6 1.6 8V FLEX

R$ 65.000

R$ 66.157

+1,78%

VOLKSWAGEN UP! HIGH UP! 1.0 TSI 12V FLEX

R$ 51.300

R$ 51.894

+1,16%

TOYOTA COROLLA GLi 1.8 16V CVT FLEX

R$ 70.000

R$ 70.614

+0,88%

VOLKSWAGEN POLO HIGHLINE 200 TSI FLEX

R$ 69.200

R$ 68.172

-1,49%

VOLKSWAGEN POLO COMFORTLINE 200 TSI FLEX

R$ 65.190

R$ 63.792

-2,14%

VOLKSWAGEN POLO 1.6 16V FLEX

R$ 54.990

R$ 53.285

-3,10%

HONDA CITY DX 1.5 16V FLEX

R$ 60.900

R$ 58.805

-3,44%

SUZUKI JIMNY 4ALL 1.3 16V

R$ 66.000

R$ 63.626

-3,60%

TOYOTA COROLLA GLi 1.8 16V MT6 FLEX

R$ 69.700

R$ 66.440

-4,68%

 

MAIS DEPRECIADOS

Dentre os modelos analisados, a versão SEL 1.0 12V do hatchback Ford KA depreciou 22,21% no período de um ano. Em segunda, quarta e quinta posições, a francesa Renault aparece com três versões diferentes do Logan na lista de mais depreciados, sendo a primeira a Dynamique 1.6 16V EASYR, com queda de 21,60% de seu valor. Na quarta e quinta posição, as versões Dynamique 1.6 16V Manual, com 20,49% de depreciação, e Expression 1.6 16V EASYR automatizada, apresentando uma perda de20,46% comparado ao seu valor 0 Km.

Para visualizar todos os modelos que se destacaram pela maior taxa de depreciação de R$ 50 mil a R$ 70 mil, confira a tabela:

VEÍCULO/VERSÃO

Modelo 2018 - 0KM

Modelo 2018 - Usado

Depreciação:

 1º ano de uso

FORD KA SEL 1.0 12V FLEX

R$ 56.790

R$ 44.178

-22,21%

RENAULT LOGAN DYNAMIQUE 1.6 16V SCe EASYR FLEX

R$ 62.000

R$ 48.610

-21,60%

FIAT GRAND SIENA 1.6 16V DUALOGIC FLEX

R$ 59.875

R$ 47.520

-20,63%

RENAULT LOGAN DYNAMIQUE 1.6 16V SCe FLEX

R$ 57.900

R$ 46.038

-20,49%

RENAULT LOGAN EXPRESSION 1.6 16V SCe EASYR FLEX

R$ 56.900

R$ 45.261

-20,46%

VOLKSWAGEN VOYAGE TRENDLINE G6 1.6 8V FLEX

R$ 54.690

R$ 43.630

-20,22%

VOLKSWAGEN FOX HIGHLINE 1.6 16V MSi IMOTION FLEX

R$ 63.494

R$ 50.755

-20,06%

PEUGEOT 208 ACTIVE PACK1.2 12V FLEX

R$ 55.990

R$ 45.392

-18,93%

JEEP RENEGADE 1.8 16V AT6 FLEX

R$ 69.990

R$ 57.203

-18,27%

VOLKSWAGEN FOX HIGHLINE 1.6 16V MSi FLEX

R$ 59.900

R$ 49.221

-17,83%

 

A KBB utiliza tecnologias de análise de dados e Big Data para produzir os levantamentos de precificação e desvalorização de veículos novos e usados. Os valores aqui presentes são gerados por meio de um complexo algoritmo, que analisa diversos fatores de comportamento do mercado automotivo brasileiro, além de seguir uma rígida análise de especialistas. A empresa atua com o propósito de conscientizar os consumidores na compra e venda de carros a partir da determinação de preços justos.

Sobre a Kelley Blue Book
Criada em 1926 nos Estados Unidos, a Kelley Blue Book é referência em preços de carros novos e usados tanto para quem compra quando para quem vende. Ela usa como base de cálculo para o Preço KBB valores de mercado praticados regionalmente. Também é a única a produzir uma tabela que leva em conta fatores como quilometragem, cor, nível de equipamentos e estado de conservação do veículo. E que permite que ninguém perca dinheiro na negociação: seja de um novo ou de um usado. Também oferece conteúdo editorial abrangente em texto e vídeo, com dicas e avaliações de especialistas, ferramentas para comparação de carros e opinião do dono.

Referência em precificação no mercado automotivo norte-americano, a KBB também tem operação em Portugal. Oficialmente no Brasil desde outubro de 2017, a Kelley Blue Book é baseada em Irvine, Califórnia, e faz parte da Cox Automotive.

Sobre Cox Automotive
A Cox Automotive, Inc. está transformando a forma como o mundo compra e vende veículos por meio de soluções para consumidores, fabricantes e revendedores em todas as fases da experiência automotiva. A empresa global tem cerca de 34.000 membros na equipe, em mais de 200 escritórios em todo o mundo, que atendem mais de 40 mil clientes.

A Cox Automotive é uma subsidiária da Cox Enterprises Inc., uma companhia com sede em Atlanta cujas receitas ultrapassam US$ 20 bilhões. Para mais informações sobre a Cox Automotive, visite www.coxautoinc.com.

Compartilhar
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Saiba agora quanto vale seu carro novo ou usado

SUV/Crossover
Picape
Hatchback
Sedã
SW/Perua
Van/Minivan
Cupê
Conversível
Hibrido/Elétrico
Luxo
PUBLICIDADE

Meus Carros

Comparações salvas

Nenhuma comparação salva

Nenhum carro recente