PUBLICIDADE
HomeNotíciasNovidades
Compartilhar

Nova Strada: 6 em cada 10 picapes compactas são da Fiat em julho

Nova geração da picape teve 17 mil pedidos no último mês

A Fiat tem muito o que comemorar com a nova Strada. Logo após o seu lançamento, segundo a marca, foram registrados 6 mil pedidos em apenas dez dias. No entanto, com a nova picape, a marca alcançou o melhor mês de vendas do modelo desde outubro do ano passado. 

Naquele mês, a Strada foi emplacada em 6.957 oportunidades, enquanto em julho passado foram 6.564 vendas. O número seria ainda maior se os emplacamentos de carros estivessem em ritmo normal. Segundo a Fiat, há 5 mil unidades da nova Strada vendidas, entregues, mas não emplacadas. 

O número total poderia ser de 11.564, o que colocaria a picape como líder geral de vendas em julho. No entanto, a Strada ainda foi além, apesar de todas as circunstancias envolvendo o coronavírus e a pandemia no Brasil, a Fiat bateu seu próprio recorde de participação no segmento. Do total de picapes compactas vendidas, 63% são da Fiat. 

O ritmo de pedidos triplicou na rede de concessionários. Em 2019, muito antes da crise causada pela pandemia, a Fiat vendia entre 250 e 300 unidades. Em julho, esse volume chegou a 780 pedidos diários. 

Produção de agosto vendida 

De acordo com a marca, foram 17 mil pedidos da nova Strada no último mês. Contando as unidades já entregues, incluindo as não emplacadas, e tendo em mãos a previsão de produção fornecida pela marca, é possível afirmar que qualquer unidade pedida agora, só chegará em setembro. 

A própria marca está trabalhando com prazo de 60 dias para a entrega. Para agosto está prevista a produção de ao menos 9 mil unidades da nova picape. A Fiat pretende novamente aumentar a capacidade de produção em setembro. A aposta da empresa é que a Strada possui capacidade para ser um dos cinco carros mais vendidos do Brasil. 

Automática e mix de vendas

A marca admite que a principal queixa é a ausência do câmbio automático. A empresa afirma que está trabalhando para muito em breve apresentar essa opção. O que certamente aumentará a participação da picape no mercado. 

Para fins de curiosidade, a Fiat também divulgou o mix de vendas por carroceria. Atualmente, 50% das vendas são de versões com cabine dupla, justamente onde a Fiat queria se diferenciar no lançamento. A configuração Volcano representa 25% das vendas, segundo a fabricante. 

Em julho ainda há reflexo das vendas feitas em junho, muito por conta das unidades do Detran fechadas para emplacamento. Nesse cenário, a antiga picape representou 60% das vendas em julho, no entanto, em condições normais, a Fiat diz que apenas 6% das vendas são da geração anterior. 

Quando analisamos as motorizações, os números da Jato Dynamics apontam justamente para este cenário. Em junho, cerca de 70% das vendas foram da versão 1.4 e em sua grande maioria na configuração Hard Working, justamente a da geração anterior. No entanto, os números preliminares de julho apontam um novo cenário. Neste caso, aproximadamente 60% das vendas são com o novo motor 1.3 FireFly, correspondendo a expectativa da Fiat em deixar a geração antiga com no máximo 10% das vendas.

Compartilhar
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Saiba agora quanto vale seu carro novo ou usado

Hatchback
Sedã
Picape
SUV/Crossover
SW/Perua
Van/Minivan
Cupê
Conversível
Luxo
Hibrido/Elétrico
PUBLICIDADE

Encontre o Preço do Seu Carro