PUBLICIDADE
HomeNotíciasDicas
Compartilhar

O que é a cilindrada de um motor?

A cilindrada (ou capacidade) de um motor é um dos fatores que ditam o seu comportamento. Saiba o que é e porque faz a diferença.

A cilindrada de um motor é mais corretamente designada em centímetros cúbicos (cm³ ou cc), mas não raras vezes ouvimos aquele vizinho mais especializado na matéria se gabar de sua máquina e do potente motor de 3 litros que traz sob o capô... Também não está errado. Nós explicamos: a cilindrada mede a capacidade do motor. Litros ou centímetros cúbicos podem servir da mesma forma para aferir o volume de mistura de ar e combustível que um propulsor é capaz de queimar a cada movimento de pistões, o que ajuda a definir e influenciar o desempenho e o nível de eficiência da unidade propulsora.

Como se processa a queima?

Quando falamos no ciclo Otto do motor, já explicamos como isso acontece em quatro tempos, mas sempre vale a pena recordar. O motor transforma energia química, contida nos combustíveis, em energia cinética (movimento) e em calor. Aliás, o motor a combustão perde boa parte dessa energia em calor e atrito, restando pouco da energia original para o movimento do veículo. Essa transformação ocorre dentro dos cilindros por meio da queima do combustível. Faz-se uma mistura de combustível (gasolina, etanol diesel ou gás) e ar, cuja proporção atualmente é comandada pela eletrônica, e a combustão começa por faísca, nos motores Otto, ou por compressão, nos Diesel e no futuro SPCCI da Mazda.

Nos cilindros, que são ambientes fechados, estão também os pistões. Estes e as bielas aos quais estão ligados formam um conjunto que se movimenta verticalmente e empurram "manivelas" que, na verdade, são o eixo principal de um motor, o virabrequim. A cilindrada é medida considerando o volume que cada cilindro comporta quando seus pistões estão no ponto mais baixo do movimento de sobe e desce. Assim, um motor de 4 cilindros e 1 litro de capacidade (1.000 cm³) terá 250 ml (250 cm³) por cilindro. Um de 3 cilindros e 1.000 cm³ (1 litro) terá 333 ml (ou cm³) por cilindro e assim vai.

Qual o efeito da cilindrada na potência do motor?

Quase matemática: se um motor 1.0 queima um litro de mistura a cada movimento enquanto um motor 2.0 queimará o dobro da quantidade da mistura combustível/ar, maiores cilindradas terão melhores potências e desempenhos. A relação só não é direta porque existem muitos outros fatores que influenciam a potência do motor, como a construção, o combustível, entre outros. E é possível hoje extrair de forma muito confiável enormes valores de potência de motores de baixa cilindrada. Com o uso do turbocompressor, por exemplo.

Qual é a cilindrada ideal?

A escolha de um automóvel por cilindrada do motor deve ter em conta dois fatores essenciais: quanto se está disponível a gastar por mês em combustível e qual o tipo de utilização programada para o veículo. Se você for usar o carro em percurso majoritariamente urbano, motores de baixa cilindrada, mesmo sem turbo, serão mais econômicos e suficientes. Por outro lado, se a estrada for o seu habitat natural, então talvez seja preciso escolher um carro com propulsor maior. Outra vantagem de motores maiores naturalmente aspirados é que eles apresentam comportamento mais estável e linear em estrada aberta, além de sofrerem menos estresse ao longo da vida, o que permite que eles atinjam quilometragens mais altas sem a mesma necessidade de manutenção.

Compartilhar
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Saiba agora quanto vale seu carro novo ou usado

Hatchback
Sedã
Picape
SUV/Crossover
SW/Perua
Van/Minivan
Cupê
Conversível
Luxo
Hibrido/Elétrico
PUBLICIDADE

Encontre o Preço do Seu Carro