PUBLICIDADE
HomeNotíciasNovidades
Compartilhar

Peças originais x paralelas - Volkswagen faz "auditoria" para mostrar diferenças

Vídeo mostra que economizar no conserto pode custar muito. Não só ao bolso, mas também à segurança dos ocupantes. E à sua, em última instância

A briga entre peças originais e paralelas não se restringe ao Brasil. Na Europa, a Volkswagen fez até um vídeo para mostrar as diferenças que um Golf VII pode apresentar em batidas quando é reparado com peças originais e com as paralelas. Se o vídeo puder ser considerado digno de crédito, e não apenas como uma peça de propaganda, vale a pena ficar de olho no tipo de componentes com os quais você conserta seu automóvel. A economia de agora pode se tornar um tremendo prejuízo amanhã.

 

A favor da veracidade do vídeo está o fato de a Volkswagen dizer que contratou a Continental Safety Engineering GmbH e a DEKRA Saarbrücken para efetuar os testes. Respeitadíssimas, nenhuma das duas empresas aceitaria colocar seu nome em algo que pudesse ser facilmente exposto como falso. Os testes consistiam de um impacto de baixa velocidade (15 km/h) contra uma barreira deformável, em offset (apenas parte da dianteira. Um foi feito com um Golf com peças originais (o azul) e outro com peças paralelas (o prata). Confira o vídeo abaixo (apenas em inglês).

Nele, é possível ver que uma batida a 15 km/h com um carro consertado com peças originais não causa grandes problemas às 5 peças mais trocadas em batidas frontais: capô, para-lama, grade frontal, para-choque e alma metálica do para-choque. Só a alma metálica e a capa do para-choque precisam de reposição. O que usa peças paralelas, por outro lado, sofre danos muito além das peças mencionadas. Como não conseguem absorver o impacto corretamente, elas causam a deflagração do airbag e permitem que o para-brisas se quebre. Na ponta do lápis, os consertos custariam três vezes mais com peças paralelas do que com as originais.

Uma análise posterior das peças, efetuada pela DEKRA, mostra que as paralelas não atendem aos requisitos mínimos de segurança da fabricante. A recomendação final é que usar peças originais preserva o valor do veículo. Mas, mais do que isso, o apelo à segurança dos ocupantes é que deveria ser o fator fundamental para a escolha de umas ou de outras.

Compartilhar
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Saiba agora quanto vale seu carro novo ou usado

SUV/Crossover
Picape
Hatchback
Sedã
SW/Perua
Van/Minivan
Cupê
Conversível
Hibrido/Elétrico
Luxo
PUBLICIDADE

Meus Carros

Comparações salvas

Nenhuma comparação salva

Nenhum carro recente