PUBLICIDADE
HomeNotíciasNovidades
Compartilhar

Primeira volta KBB - andamos (de carona) no Pulse Abarth, que chega no final do ano

Versão esportiva do SUV compacto será equipada com o motor 1.3 turboflex de 185 cv de potência

A Fiat vai revelando aos poucos o Pulse Abarth, um dos seus lançamentos mais importantes de 2022. A versão esportiva do SUV compacto será lançada apenas no último trimestre do ano, mas a KBB Brasil já descobriu alguns detalhes e até deu uma volta (de carona) na novidade.

VEJA TAMBÉM:

>> Rival do Volkswagen Nivus, Fiat Fastback é revelado

Como é o Pulse Abarth

Além de ser o primeiro SUV da história da divisão esportiva da Fiat, o Pulse Abarth é o primeiro carro da grife desenvolvido na América do Sul. Para entregar desempenho e dirigibilidade dignos de um esportivo, o SUV compacto sofreu profundas alterações mecânicas.

A começar pelo motor 1.3 turboflex com injeção direta, herdado da picape Toro e dos Jeep Renegade, Compass e Commander. No Pulse Abarth, o propulsor recebeu uma calibração específica para priorizar o desempenho, embora tenha mantido os 185 cv de potência e 27,5 kgfm de torque.

O câmbio automático de seis marchas também é o mesmo utilizado nos SUVs maiores, porém com um acerto mais agressivo para favorecer arrancadas e retomadas. Segundo a Fiat, o SUV acelera de 0 a 100 km/h em menos de 8 segundos e atinge velocidade máxima acima de 210 km/h.

“Do Pulse temos apenas a casca, uma vez que todo o conjunto mecânico é novo. Até mesmo a calibração dos controles de estabilidade e tração são específicos do Pulse Abarth”, explica Ricardo Dilser, assessor técnico e de Comunicação da Stellantis e responsável pela pilotagem do protótipo durante a volta rápida no Autódromo de Interlagos.  

Durante o “passeio” no circuito, foi possível notar que o SUV compacto ganha velocidade facilmente devido ao seu baixo peso em comparação com os outros carros da Stellantis que também são equipados com o motor 1.3 turboflex. A capacidade de apontar nas curvas e a eficiência dos freios também impressionaram no primeiro contato com o carro.

Segundo Dilser, as suspensões do Pulse Abarth foram totalmente reformuladas, recebendo nova barra estabilizadora, além de amortecedores e molas mais firmes. Os freios, apesar de serem a disco apenas nas rodas dianteiras (a tambor nas traseiras), foram redimensionados para lidarem com o desempenho consideravelmente superior ao das outras versões do Pulse.

“A programação do controle de estabilidade é mais permissiva, mas a assistência não pode ser totalmente desligada”, ressalta Dilser enquanto corrigia com facilidade uma escapada de traseira propositalmente provocada na curva do Laranjinha para mostrar que o Pulse Abarth é um carro “na mão”, mesmo em condições de pilotagem numa pista fechada.

Interior do Pulse Abarth ainda é mantido em segredo pela Fiat

Após o trecho da Junção, o Pulse Abarth mostrou disposição na subida da curva do Café até a reta principal de Interlagos. Uma combinação de sons, do assobio da turbina do motor com o ronco mais grave do escapamento, denuncia que realmente se trata de um carro pensado para honrar o emblema do escorpião da marca criada nos anos 1950 pelo austríaco naturalizado italiano Carlo Abarth.

Visual diferenciado e equipamentos

Por fora, o SUV exibe rodas de liga leve de 17 polegadas pintadas de preto, calçadas em pneus de medidas 215/50 R17, grade frontal com acabamento preto brilhante, emblemas Abarth no lugar dos logotipos da Fiat, para-choques redesenhados, ponteiras dupla de escape e adesivos laterais.

A Fiat não mostrou o interior do SUV, mas a reportagem da KBB Brasil notou que o painel digital possui grafismo exclusivo, com direito a medidor de pressão do turbo ao lado do conta-giros. Os bancos e o volante revestidos de couro preto com costuras vermelhas.

A lista de equipamentos de série deverá ser semelhante à do Pulse Impetus 1.0 turboflex CVT, trazendo central multimídia com espelhamento sem fio de smartphones, carregador de celular por indução, chave presencial, frenagem autônoma de emergência e alerta de permanência em faixa, entre outros. É possível que o esportivinho receba freio de estacionamento eletrônico com função Auto Hold (mantém o carro parado mesmo se o motorista tirar o pé do pedal de freio).

Preço estimado

A Fiat ainda não fala empreços, mas considerando que o Pulse Impetus T200 custa atualmente por volta de R$ 127 mil, podemos esperar o Pulse Abarth chegando entre outubro e dezembro por algo na faixa entre R$ 140 mil e R$ 150 mil.

Abarth será tratada como marca

Diferentemente da época em que era apenas uma versão mais exclusiva dos modelos Stilo e 500, a Abarth será tratada como uma submarca da Stellantis, com direito a espaço próprio dentro de concessionárias Fiat. Dentro das cerca de 50 lojas previstas a terem um espaço dedicado, a Abarth oferecerá aos clientes produtos exclusivos e atendimento de vendedores especializados.

Compartilhar
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Saiba agora quanto vale seu carro novo ou usado

Hatchback
Sedã
Picape
SUV/Crossover
SW/Perua
Van/Minivan
Cupê
Conversível
Luxo
Hibrido/Elétrico
PUBLICIDADE

Encontre o Preço do Seu Carro