PUBLICIDADE
HomeNotíciasNovidades
Compartilhar

Duster de segunda geração finalmente ganha o emblema da Renault

Apresentado como Dacia, crossover compacto aparece do mesmo modo como deverá ser vendido no Brasil, provavelmente em 2018

Quando o Duster de segunda geração foi apresentado, ele trazia apenas o emblema de sua marca original, a Dacia. Mas nesta terça (14) ele finalmente foi adotado pela Renault e mostrado como será vendido em mercados como Rússia, Índia, África do Sul e Brasil. Com exceção da grade dianteira e do emblema do losango, é praticamente o mesmo modelo.

 

Com 4,34 m de comprimento, 1,80 m de largura, 21 cm de vão livre, 478 l de porta-malas (467 l no 4WD) e sem entre-eixos ou altura divulgadas, o Duster será equipado na Europa com os motores SCe 115 (de 115 cv) e o 2.0 de 145 cv. Os mesmos vendidos no Brasil, agora com câmbio CVT no lugar do antigo automático de 4 marchas para as duas opções de motorização. Os europeus poderão comprar também versões diesel, proibidas para carros de passeio em nosso mercado.

Renault Duster

Ao Brasil, a expectativa é que o Duster de nova geração chegue apenas em 2019, mas duvidamos que demore tanto. O modelo está muito mais interessante em termos de estilo. Não deverá custar muito mais do que o modelo atual e se destacará, como ele, pela boa oferta de espaço. Por que a Renault perderia um ano inteiro de vendas com a versão atual? Pode até ser que ele demore, mas será certamente em prejuízo da própria marca.

Compartilhar
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Saiba agora quanto vale seu carro novo ou usado

Hatchback
Sedã
Picape
SUV/Crossover
SW/Perua
Van/Minivan
Cupê
Conversível
Luxo
Hibrido/Elétrico
PUBLICIDADE

Encontre o Preço do Seu Carro