PUBLICIDADE
HomeNotíciasNovidades
Compartilhar

SSC Tuatara finalmente deverá ser fabricado

Atrasos no financiamento e na construção da fábrica impediram que o hipercarro nascesse na época esperada

Ele foi capa da revista Top Gear em outubro de 2010, quando nem tinha nome definido. E seria o carro mais rápido do mundo quando foi oficialmente apresentado, por volta de 2012. Na época, o vídeo de divulgação do modelo dizia que, "quando se persegue a perfeição, paciência nunca é perda de tempo". Desde então, ninguém mais ouviu falar do SSC Tuatara, um hipercarro construído pela Shelby Supercars, de um cara chamado Jerod Shelby, sem o menor parentesco com o lendário Carroll. Ele seria grande candidato a "vaporware", ou um dos carros de vento que tanto se vê prometido por aí e nunca realizados. Mas não será o caso, como mostra a imagem principal do site da empresa. O SSC Tuatara finalmente deve começar a ser fabricado em West Richland, Washington.

Tuatara, nome absurdamente estranho em português, é a designação de um lagartinho da Nova Zelândia que tem o DNA de evolução mais rápida no reino animal. Tuatara também vem do maori "espinhos nas costas", algo que os apêndices aerodinâmicos do Tuatara podem ajudar a explicar.

SSC Tuatara

Segundo entrevista de Jerod Shelby ao jornal Tri-City Herald, o atraso aconteceu por problemas no financiamento da fábrica. "A parte de desenvolvimento do carro foi muito bem-sucedida, mas a parte de financiamento, que tinha sido garantida por contrato em 2013, enfrentou obstáculo após obstáculo até recebermos o dinheiro para o projeto", disse Shelby. No final, o financiamento veio de Ron Asmus, um empreiteiro da região que queria ver a fábrica por ali. Foi o que permitiu a Shelby manter o negócio em West Richland. Todas as demais propostas de financiamento exigiam que ele não só abrisse mão da empresa, mas também de construir sua sede na cidade, segundo oTri-City Herald conta.

SSC Tuatara

O SSC Tuatara tem 4,43 m de comprimento, 1,99 m de largura, 1,09 m de altura, 2,67 m de entre-eixos e foi desenhado por Jason Castriota, pai de carros como o Maserati GranTurismo e do Rolls-Royce Hyperion. Com apenas 1.250 kg de peso, ele é impulsionado por um motor V8 6.9 biturbo que teria sido idealizado pela própria SSC. De série, ele seria capaz de gerar 1.369 cv a 9.200 rpm e 176,9 kgfm a 6.800 rpm, mas seria capaz de gerar até 1.724 cv. Sem mexer na potência, seu dono poderá chegar à velocidade máxima de 443 km/h (as 275 mph que aparecem nas imagens do painel) e ir de 0 a 100 km/h em 2,3 s. O câmbio seria de manual ou semi-automático, ambos de 7 marchas, e a tração, traseira.

Apesar de já ter a concorrência de modelos como Bugatti Chiron, Koenigsegg Agera RS e Hennessey Venom F5, o Tuatara tem um argumento forte de vendas: o preço. Cada unidade custaria US$ 1,3 milhão em 2012. No Salão de Dubai, mostrado apenas como protótipo, o modelo teve 10 compradores interessados. E ele continua a ser um hipercarro lindo de doer. O entusiasta que mora em nós torce para que ainda exista gente interessada no belo hipercarro americano. E capaz de pagar o que ele vai custar.

 

 

Compartilhar
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Saiba agora quanto vale seu carro novo ou usado

Hatchback
Sedã
Picape
SUV/Crossover
SW/Perua
Van/Minivan
Cupê
Conversível
Luxo
Hibrido/Elétrico
PUBLICIDADE

Encontre o Preço do Seu Carro