PUBLICIDADE
HomeNotíciasNovidades
Compartilhar

Novo VW Jetta 2019 é lançado apenas com motor 1.4 de 150 cv

Economia em motores contrasta com a exuberância da reestilização de 2014, na qual modelo ainda exaltava o 2.0 TDI

A nova geração do Jetta chegou maior e com plataforma MQB ao Salão de Detroit, mas com apenas um motor à disposição, o 1.4 TSI de 150 cv.  Já avaliamos o sedã quando ele ainda era um protótipo, mas não pudemos deixar de notar a economia de motores, que contrasta bastante com a oferta anterior do modelo nos EUA. Por lá, em sua reestilização de 2014, o modelo oferecia 3 opções a gasolina, uma híbrida e o famigerado 2.0 TDI "Clean Diesel", ou diesel limpo. O mesmo EA 288 que foi o responsável pelo maior escândalo a afetar o grupo Volkswagen em tempos recentes, o Dieselgate. E provavelmente um dos mais caros da história: ele já custou mais de US$ 30 bilhões, dos quais R$ 1 bilhão no Brasil, por conta da picape Amarok. Trombamos com aquele documento e foi curioso notar que, segundo a marca, o 2.0 atendia "às normais de emissões mais exigentes do mundo". Pois é.

 

Só que Dieselgate não impediu a fabricante de continuar como a maior do mundo em 2017, batendo novamente a Toyota. Nem de provavelmente ter tido o melhor resultado da história no ano passado, ainda não divulgado. De todo modo, a empresa preferiu ser cautelosa. Ou mostrar as demais opções de motorização do novo Jetta, inclusive a nervosa versão GLI, provavelmente com motor 2.0 TSI, apenas quando ele começar a ser vendido nos EUA, no segundo semestre deste ano. No México, onde ele será fabricado, a estreia acontece ainda na primeira metade do ano.

VW Jetta 2019

O novo Jetta tem 4,70 m de comprimento, 1,80 m de largura, 1,46 m de altura e um entre-eixos de 2,69 m. O porta-malas continua com 510 litros. O sedã médio agora traz coeficiente aerodinâmico de 0,27 e é construído sobre a mesma plataforma do Golf, do Polo e de uma série de outros modelos com motor transversal da marca, a MQB. Além da transmissão manual de 6 marchas, o Jetta vem com um novo câmbio automático de 8 marchas da própria Volkswagen, para modelos de tração dianteira.

VW Jetta 2019

Se o exterior deve levar muita gente a confundi-lo como Passat, o interior levará os donos do Polo e do Virtus a se sentirem em casa. Isso porque o painel digital Active Info Display é muito semelhante, se não for exatamente igual. Ambos, por exemplo, têm 10,2 poletagas. A central multimídia Composition Color, de série em todas as versões, é compatível com Apple Car Play e Android Auto. Outro item de série são os faróis e lanternas de LED, algo que teria sido possível graças ao uso da MQB.

VW Jetta 2019

A versão SE virá também com frenagem autônoma de emergência, monitoramento de distância e assistente de ponto cego. Entre os itens das versões superiores (SEL e SEL Premium) e opcionais nas anteriores estão câmera de ré, aviso de tráfego na traseira, ACC (controlador de velocidade adaptativo), assistente de permanência em faixa, assistente de frenagem pós-colisão e de faróis (que baixa o facho alto quando há tráfego em sentido contrário, para evitar ofuscamento).

Com a sétima geração do Jetta, a Volkswagen pretende repetir os bons resultados de vendas das gerações anteriores. Até hoje, mais de 17,5 milhões de unidades já foram vendidas em todo o mundo.

Compartilhar
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Saiba agora quanto vale seu carro novo ou usado

Hatchback
Sedã
Picape
SUV/Crossover
SW/Perua
Van/Minivan
Cupê
Conversível
Luxo
Hibrido/Elétrico
PUBLICIDADE

Encontre o Preço do Seu Carro