PUBLICIDADE
HomeNotíciasAvaliações
Compartilhar

Avaliação KBB™ - Volvo XC60

O modelo mais seguro à venda na Europa provavelmente também é o maior destaque neste quesito aqui no Brasil Conheça-o em detalhes em nossa avaliação!

Sem surpresa nenhuma, o Volvo XC60 chegou a 2018 como o carro mais seguro vendido na Europa em 2017, segundo o Euro NCAP. Ser um dos veículos mais seguros do mundo deveria torná-lo uma excelente opção de compra, especialmente em um dos países que mais matam no trânsito em todo o mundo, mas sabemos que, no Brasil, há mais fatores que determinam o sucesso ou o fracasso de um modelo. E o XC60 se garante em muito mais coisas do que apenas pela segurança.

 

Você gostará do Volvo XC60 se…

Avaliado na versão R-Design, que custa R$ 269.950, o crossover médio tem um estilo evolutivo, mas elegante e contemporâneo, o que o faz ser rapidamente identificado como um XC60, e claramente como o modelo de segunda geração. Além de agradável aos olhos e luxuoso, é o nível de segurança que o modelo oferece que o destaca dos competidores. Todos eles muito confiáveis neste ponto, mas nenhum deles mais do que o XC60.

Volvo XC60

Talvez você não curta muito…

Como já mencionamos o preço, você já sabe qual é nossa maior crítica ao XC60: o fato de ele não ser acessível à maioria dos brasileiros. Até há uma versão mais em conta, a Momentum, mas ela é só R$ 30 mil reais mais barata. Dá pra comprar um Renault Kwid com a diferença? Sim, sem dúvida, mas, nessa faixa de mercado, não é algo expressivo. E não o torna mais disponível para os eventuais interessados.

O que tem de novo em 2018

Lançado em 2017, o XC60 é completamente novo. Aguardemos o que ele trará de novidades em 2018, mas ainda não se pode dizer que ele esteja desatualizado no que quer que seja.

Dirigindo o Volvo XC60

Volvo XC60

Basta abrir as portas para sentir que se está em um modelo premium. Eles têm um cheiro muito característico, provavelmente em razão do couro de alta qualidade ou das peças, suaves ao toque. Com partida sem chave, basta ajustar volante, bancos e retrovisores para a posição mais adequada, dar a partida e desfrutar do carro.

Já faz tempo que ninguém tem preconceito com motores turbinados. Ainda mais um 2.0 como o que anima o XC60. Não se nota qualquer tipo de atraso na entrada do turbocompressor, o chamado turbo lag, especialmente porque o torque máximo já está disponível a baixos 1.500 rpm. Ajudam também as 8 marchas do câmbio automático, que permitem que o motor rapidamente passe dessa rotação. Os freios são bons, adequadamente progressivos.

Se não tem nada que o desmereça no que se refere à dinâmica, o XC60 peca por não ter nada distintivo. Dirigi-lo é como conduzir qualquer carro de tração dianteira. Não há a solidez que modelos de marcas premium com tração traseira transmitem, nem uma direção especialmente ágil. Ou uma suspensão brilhante, uma aceleração acima da média ou freios que beirem a perfeição. O XC60 é apenas comum neste quesito, algo que pode ser um pecado mortal entre modelos premium.

Sacadas inteligentes

O XC60 não tem nada que o destaque em termos de funcionalidade ou de soluções. Pelo contrário: é um modelo aparentemente bastante comum, assim como seus concorrentes. São suas funcionalidades que o tornam único, como o sistema de condução semi-autônoma e a frenagem automática de emergência.

Detalhes do Volvo XC60

Volvo XC60

Interior

Não é só por fora que o XC60 acertou no estilo e na modernidade. O interior é extremamente agradável e a central multimídia tem uma operação muito intuitiva. Os bancos esportivos têm ótimo suporte, ainda que o extensor de assento, para aumentar o apoio para coxas, seja um pouco desconfortável.

Exterior

O desenho do XC60 é do tipo "menos é mais", com linhas muito limpas, sem vincos e outras estripulias de estilo que só dão mais trabalho ao funileiro ou ao martelinho para consertar como devia. Apesar de grande, o XC60 não é barca, o que o torna bastante civil para rodar no trânsito das grandes cidades e parar em vagas apertadas de shoppings e condomínio. Desde que não sejam muito apertadas.

Equipamentos

O pacote do XC60 inclui central multimídia de tela sensível ao toque de 9 polegadas, bancos dianteiros com regulagem elétrica, ar-condicionado digital de duas zonas, teto solar panorâmico elétrico, rodas de liga leve de aro 21, faróis em LED direcionais, stop-start, sensores crepuscular, de chuva e de estacionamento (na frente e atrás), assistente de partida em rampa, freio de mão elétrico, faróis e lanternas de LED, computador de bordo, 6 airbags, assistente de partida em rampa e os sistemas IntelliSafe. Eles incluem frenagem de emergência automática, controlador de velocidade adaptativo com assistente de direção (o sistema semi-autônomo de direção que mencionamos), indicador de fadiga do motorista e controle de estabilidade e de tração. A versão R-Design vem ainda com bancos esportivos. 

Sob o capô

Volvo XC60

O motor 2.0 turbo de quatro cilindros do XC60, chamado de Drive-E, rende 254 cv a 5.500 rpm e 35,6 kgfm entre 1.500 rpm e 4.800 rpm. O câmbio é um automático de 8 marchas para modelos de tração dianteira, como todos os Volvos atuais foram concebidos para ser, ainda que venham com tração nas quatro rodas. Aliás, a linha de motores Drive-E é provavelmente a maior economia de escala da indústria automobilística mundial: todos os modelos da Volvo são equipados com o 2.0 turbo, variando apenas na potência e, eventualmente, na adição de um motor elétrico, para as versões híbridas.

Sobre o preço

A R$ 269.950, o Volvo XC60 encara concorrentes como o BMW X3, Audi Q5, Jaguar F-Pace e Mercedes-Benz GLC. Apesar de caro, o XC60 é o mais barato entre todos os seus competidores. Mesmo em sua versão mais cara, já que quase todos os demais, com exceção do Q5, começam nos R$ 300 mil. Outros R$ 30 mil de diferença, mas da versão mais cara do XC60 para a mais barata de seus concorrentes. O desempate entre Q5 e XC60 se dá nas prioridades. Enquanto o Q5 oferece uma dinâmica mais afiada, o XC60 é mais seguro. Dois perfis muito diferentes de clientela.

Ficha técnica

Modelo Volvo XC60 R-Design
Motor dianteiro, transversal, de quatro cilindros, 1.969 cm³
Potência 254 cv  (G) a 5.500 rpm
Torque 35,6 kgfm (G) entre 1.500 rpm e 4.800 rpm
Câmbio Automático, com 8 marchas
Tração Integrall
Freios (d/t) Discos ventilados / discos sólidos
Suspensão (d/t) Independente, por braços triangulares sobrepostos / Independente, multibraços
Dimensões (C/L/A) 4,69 m / 1,90 m / 1,66 m
Entre-eixos 2,87 m
Peso 2.115 kg
Porta-malas 505 litros
Avaliação Profissional KBB
4 de 5
Compartilhar
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Saiba agora quanto vale seu carro novo ou usado

Picape
SUV/Crossover
Sedã
Hatchback
SW/Perua
Van/Minivan
Cupê
Conversível
Luxo
Hibrido/Elétrico
PUBLICIDADE

Encontre o Preço do Seu Carro