PUBLICIDADE
HomeNotíciasNovidades
Compartilhar

5 dicas para evitar problemas com o seu carro em dias frios

Temperaturas baixas exigem cuidados para preservar componentes do veículo

O inverno ainda não chegou, mas a onda de frio intenso que atingiu o Brasil esta semana baixou consideravelmente a temperatura em quase todo o país. Essa mudança brusca no tempo exige alguns cuidados com o veículo, que pode apresentar dificuldade na hora de dar a partida do motor, por exemplo. Nesses casos, é importante não insistir demais para fazer o carro pegar, pois a bateria pode descarregar rapidamente.

Além disso, o motorista deve ficar atento ao funcionamento de alguns itens do veículo para evitar surpresas. Ar-condicionado, bateria, pneus e palhetas dos limpadores são alguns componentes que devem ser checados periodicamente.

Outro ponto que merece atenção são os aditivos e óleos utilizados no motor. “Em temperaturas baixas, os aditivos do carro têm uma função extremamente importante que é de evitar a corrosão de várias partes do sistema de arrefecimento. Com o frio, é indicado que o motorista use um óleo lubrificante menos viscoso recomendado pelo manual do proprietário, pois eles facilitam a lubrificação nos primeiros momentos de funcionamento do motor”, comenta Gerson Burin, coordenador técnico do Cesvi Brasil (Centro de Experimentação e Segurança Viária).

Confira abaixo cinco dicas para evitar ter problemas com o carro em dias frios

Tanquinho de partida a frio tem de ser verificado e abastecido com gasolina aditivada periodicamente

1 - Reservatório de partida a frio: em carros bicombustíveis ou movidos somente a etanol existe o reservatório de partida a frio (também conhecido como tanquinho) para o motor. Mantenha esse reservatório sempre abastecido com gasolina, preferencialmente aditivada, para garantir uma partida mais rápida sem consumir demais a carga da bateria do veículo.

2 - Pneus: verifique a pressão de cada um dos pneus de acordo com a calibragem recomendada pelo fabricante no manual do veículo e lembre-se de fazer a verificação sempre com o pneu frio, de preferência antes de rodar mais de três quilômetros. 

É importante verificar as condições do filtro e de outros componentes do sistema de ar-condicionado (Shutterstock)

3 - Ar-condicionado: crie o hábito de limpar e substituir o filtro do ar-condicionado para retirar todos os contaminantes externos acumulados ao longo tempo. Não existe uma quilometragem indicada para a troca do filtro, por isso é importante procurar um mecânico de confiança para que ele verifique as condições do componente.

Faróis e lanternas em boas condições são essenciais em situações de baixa luminosidade, mesmo durante o dia

4 - Luzes e palhetas: avalie e verifique o funcionamento correto das luzes traseiras, lâmpadas de sinalização, luzes de freio, faróis e luzes de condução diurna. Também é importante verificar as palhetas dos limpadores do para-brisa, itens fundamentais para a visibilidade do motorista em condições de chuva. O tempo mais seco dos dias frios pode acelerar o processo de ressecamento da borracha das palhetas, por isso é importante checar e, se necessário, trocar o componente.

Palhetas dos limpadores têm de ser verificadas e trocadas periodicamente

5 - Motor: evite acelerações com rotações muito altas logo após dar a partida no motor. O correto é deixar o propulsor atingir a temperatura ideal de funcionamento nos primeiros 10 minutos para garantir a lubrificação ideal em todo o seu sistema.

O motorista tem de ficar atento aos prazos de troca de óleo e fluidos do motor, entre outros componentes

Compartilhar
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Saiba agora quanto vale seu carro novo ou usado

Hatchback
Sedã
Picape
SUV/Crossover
SW/Perua
Van/Minivan
Cupê
Conversível
Luxo
Hibrido/Elétrico
PUBLICIDADE

Encontre o Preço do Seu Carro